O Site do Hardware Livre - OSHW

Eletrização (ALM313)

Eletrizar um corpo é carregá-lo com eletricidade estática. Um corpo se diz eletrizado positivamente quando tem falta de elétrons e um corpo se diz eletrizado negativamente quando tem excesso de elétrons. Existem três processos de eletrização:

 

a) Atrito - quando atritamos dois materiais, dependendo de sua natureza, são transferidas cargas de um para o outro, carregando-os com a cargas de polaridade oposto. Que polaridade vai ficar cada um é determinada pela "série triboelétrica". Na série triboelétrica o material que está mais acima ao ser atritado com um que está mais abaixo, ficará positivo. O de baixo ficará negativa.

Uma tabela com alguns materiais de uma série triboelétrica é dado a seguir:

Pele humana seca (mais positivo)

Couro

Pele de coelho

Vidro

Cabelo humano

Fibra sintética (nylon)

Chumbo

Pele de gato

Seda

Alumínio

Papel

Algodão

Aço

Madeira

Âmbar

Borracha dura

Níquel, Cobre,

Latão, Prata,

Ouro, Platina,

Poliéster

Isopor

Filme PVC ('magipack')

Poliuretano

Polietileno ('fita adesiva')

Polipropileno

Vinil (PVC)

Silicone

Teflon (mais negativo)

 

Por exemplo, se atritarmos vidro com lã o vidro fica positivo e a lã negativa, mas se atritarmos lã com PVC, a lã ficará positiva e o PVC negativa. A figura 1 mostra o que ocorre.

 


 

 

 

b) Contacto

Quando encostamos um corpo carregado em outro que não esteja, parte da carga do que está carregado passa para o que não está de modo que haja uma distribuição uniforme de carga entre eles. A figura 2 mostra o que ocorre.

 


 

 

 Se afastarmos então o corpo que inicialmente estava carregado do que não estava, as cargas distribuídas entre os dois corpos permanecem e os dois ficam carregados, conforme mostra a figura 3.

 


 

 

 De uma forma simplificada podemos dizer que, basta encostar um corpo carregado num que não esteja para que ele também fique carregado. Neste processo de eletrização os dois corpos ficam com cargas do mesmo sinal.

 

c) Indução

Se aproximarmos de um condutor um corpo carregado, por exemplo positivamente, ele "atrai" os elétrons do condutor que se deslocam de modo que de um lado ele fica carregado negativamente e do outro positivamente, conforme mostra a figura 4.

 


 

 

 Explicando melhor, a presença do corpo carregado, mesmo à certa distância do condutor "separa" suas cargas que se deslocam de modo a carregar uma parte com eletricidade positiva e a outra com eletricidade negativa.

É óbvio que, se afastarmos o corpo carregado do condutor, as cargas voltam as suas posições normais neutralizando-o.

 

Temas abordados:

* Série triboelétrica (156)

* Indução eletrostática (157)

 

Ver Também:

* Isolantes (117)

* Condutores (123)

* Efeito das pontas (90)

 

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Ser não ser honesto (OP192)

Não há dúvida de que estamos passando por uma época de transformações políticas e sociais. Já não se admite desonestidade na política, e evidentemente em qualquer outro tipo de atividade em nosso país. A pressão tem sido cada vez maior no sentido de erradicar este mal, mas infelizmente ainda vemos que em alguns setores, esta mentalidade parece não estar mudando com a devida velocidade.

Leia mais...

Amigo
O amigo certo se reconhece numa situação incerta. (Amicus certus in re incerta cernitur.)
Cícero (106 - 43 a.C.) - Da Amizade - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)