Tudistor (ART4389)

Escrito por Newton C Braga

Uma curiosidade que levamos aos leitores neste artigo está relacionada diretamente ao nome dos componentes que usamos. Por que a maioria dos componentes que empregamos em eletrônica tem os nomes terminados em ”tor”? O leitor já parou um instante para pensar nisso?

Resistor, capacitor, fusistor, varistor, indutor etc. Eis alguns exemplos de componentes que tem seus nomes terminados em “tor”.

"-tor" - Sufixo nominal, de origem latina, que exprime a ideia de agente, executante.

 

A utilização da terminação “tor” nos componentes não é nova. Ela vem do tempo dos primeiros componentes eletrônicos, lá pelos anos 20 do século passado quando ainda se usavam as válvulas praticamente em todos os projetos, pois não havia o transistor.

Nesta época, até mesmo as válvulas entraram na onda com diversos tipos com nomes terminados em “tor”, como o nuvistor,

Mas, o interessante nessa época é que surgiram alguns componentes estranhos que certamente a maioria dos leitores não conhece, mas que não chegaram a ser usados de forma intensa, desaparecendo. Hoje temos referências a esses componentes apenas em manuais, publicações antigas e, é claro, em nosso almanaque.

Vamos dar alguns exemplos, para testar o conhecimento de nossos leitores. Você sabe o que é?

 

Madistor

Se associarmos a palavra “mad” ao seu significado em inglês, logo pensamos em algum dispositivo “louco”, mas não é isso. Madstor é um semicondutor magnético em que um campo magnético atua quando plasma é injetado num material semicondutor.

 

Magnistor

Reator com núcleo saturável utilizado para controle de pulsos de frequências até 30 MHz. O dispositivo tem uma potência máxima de alguns watts. É aplicado na injeção de plasma em semicondutores.

 

Mistor

Dispositivo sensor de campos magnéticos. Sua resistência aumenta com a intensidade o campo magnético.

 

Nuvistor

Tipo de válvula com eletrodos cilíndricos, lançada pela RCA em 1959 e depois por outros fabricantes como a GE e a Mullard. Essas válvulas utilizavam invólucros metálicos ou de cerâmica apresentando excelente desempenho.

 


 

 

 

Xtor

Não, não é algo que não existe mais. Esta é a denominação simplificada para o transistor que encontramos em algumas publicações. Era comum na época usar o “X” em lugar de “trans” nas abreviações. Assim, temos xmitter para transmissor, Xtal, para cristal etc.

 

Posistor

Resistor sensível à temperatura. Resistor com coeficiente positivo de temperatura. O mesmo que PTC. O nome “não pegou”

 

Ferristor

Amplificador feito com material ferromagnético usado na amplificação de altas frequências de forma ressonante.

 


 

 

 

Higristor

Resistor cuja resistência varia com a umidade. O mesmo que hidrostor.

 

Alternistor

Essa é moderna, pois algumas empresas ainda usam. É o nome dado para os componentes semicondutores de potência usados na rede de corrente alternada. Descobriu: é o conhecido triac.

 

Neuristor

Dispositivo semicondutor de dois terminais que simula o comportamento de um neurônio. Utilizado em aplicações biônicas e em inteligência artificial, além de estudos relativos a neurologia simulando eletricamente o comportamento de neurônios humanos. Abaixo um sistema nervoso elementar usando uma matriz de neuristores.

 


 

 

 

Elastor

Já tratamos deste componente em uma brincadeira que fizemos de primeiro de abril. Explicamos. O inverso da capacitância é a elastância. Assim, num capacitor podemos especificar suas características pela sua elastância. Um capacitor de 10 uF tem uma elastáncia de 100 Darafs (Farad escrito ao contrário) e podemos dizer que se trata de um elastor de 10 Darafs! Não pegou.

 

Thyrector ou Tirector

Diodo semicondutor de quatro camadas que apresenta uma resistência muito alta (comportando-se como um isolante) até uma determinada tensão. Acima desta tensão o diodo comuta e apresenta uma resistência muito baixa. É o nosso conhecido diac.

 

Unitor

Componente ou dispositivo que contém uma porta OR (OU).

 

Univibrator

Neste caso, o nome não “pegou”. É o nosso conhecido multivibrador monoestável.

 

Increductor

Tipo de amplificador de RF magnético ou de reator saturável.

E existem muito outros que o leitor pode encontrar no nosso Almanaque. Terminamos com o nosso Tudistor.

Não, esse não existe ainda. Quando eu inventar um componente que sirva para tudo, certamente vou chamá-lo de “tudistor”. Estou reservando o nome.

 

-tor

 
 
sufixo nominal, de origem latina, que exprime a ideia de agente, executante