NOSSAS REDES SOCIAIS -

Revisando o LM350 (ART961)

Quando se fala em fonte de alimentação linear, existem componentes tradicionais que, mesmo sendo de gerações antigas, ainda são usados com bastante freqüência. Tanto que, visitando vários sites de fabricantes desses componentes, vemos que eles constantemente estão revisando as suas aplicações, sugerindo novas configurações e até lançando novas versões que ainda podem ser usadas em muitas aplicações. Um desses componentes é o bem conhecido LM350, ainda insubstituível quando pensamos numa fonte linear de média corrente para a bancada ou para aplicações menos críticas. É justamente deles que trataremos nesse artigo.

 

Quando pensamos em uma fonte linear menos compromissada, como uma fonte para bancada, para o laboratório ou para uma aplicação em que requisitos de alto-rendimento ou montagem compacta nao precisam ser levados em conta, o uso de reguladores tradicionais ainda é o preferido.

Assim reguladores como os das séries 78xx, 79xx, 723, LM150/250/350 ainda são muito usados, tanto pela facilidade de uso, obtenção como pelo próprio desempenho.

Se bem que a maioria dos leitores esteja "careca" de tanto usar esses componentes, conhecendo à fundo suas características, a revisão feita por alguns fabricantes, com datas bastante recentes, mostra alguns usos diferentes que podem ser interessantes. Assim, nesse artigo focalizamos o Lm350 com alguns de seus usos, sugerindo que o leitor guarde esse arquivo como referência para projetos que usem tal componente.

 

O LM350

O circuito integrado LM350 que na versão com sufixo T é apresentado em invólucro TO-220 com a pinagem mostrada na figura 1, consiste num regulador linear positivo de 3 A para tensões de saída de 1,2 V a 33 V.

 


 

Uma informação muito interessante que muitos leitores gostariam de saber sobre esse componente é aquela que indica o lote,m ano de fabricação e outras informações, conforme mostra a figura 2.

 


 

Nesse código o A indica a localização da fábrica, WL o lote de wafers, Y o ano de fabricação, WW a semana, e G que o dispositivo é livre de chumbo.

A regulação de carga desse circuito é de 0,1% (tip) e a regulação de linha de 0,005% (tip). O circuito possui ainda proteção térmioca contra sobrecarga.

Nas aplicações comuns o LM350 pode ser usado tanto como regulador ajustável de tensão como fonte de corrente constante. Na aplicação como regulador ajustável, um potenciômetro de 10k determina a tensão somada à referência interna de 1,2 V, conforme mostra o circuito típico de aplicação da figura 3.

 


 

Para uma fonte fixa R2 pode ser calculado pela fórmula:


 

Um circuito interessante para os leitores é o mostrado na figura 4. Trata-se de uma fonte com tensão de saída ajustável e também limitação de corrente. A corrente máxima é ajusta em adjust1 até 1 A e a tensão de saída varia entre 0 e 25 V.

 


 

A tensão a partir de zero é conseguida com a ajuda dos diodos d1 de D2 que são ligados a uma fonte de tensão negativa, compensando assim os 1,2 V da referência interna do LM350.

O diodo D6 é usado para proteger os circuitos integrados em caso de um curto-circuito na entrada o que ocorre quando ela é ligada e o capacitor de filtro se encontra descarregado. Nessa fonte, os circuitos integrados devem ser montados em bons radiadores de calor e a tensão de entrada deve ser de 32 V.

Na figura 5 temos a configuração tradicional de fonte de corrente constante com as fórmulas que possibilitam o cálculo dos valores dos componentes usados.

 


 

Na maioria dos casos, o termo Iadj pode ser desprezado, o que simplifica o uso da fórmula.

O circuito seguinte consiste num regulador que pode ser controlado por um nível lógico TTL. Quando o nível alto e aplicado à entrada a tensão de saída cai para um valor mínimo de 1,2 V. O circuito é mostrado na figura 6.

 


 

Com o resistor de 720 ?, a tensão de saída do regulador é de 5 V. Para outros valores de tensão de saída, o resistor pode ser calculado, conforme explicamos nos circuitos anteriores.

Finalmente, na figura 7 mostramos um circuito que liga devagar, evitando que a tensão de saída suba abruptamente. A taxa de subida da tensão é determinada pelo capacitor de 10 µF e a tensão final de saída ajustada em R2.

 


 

 

Conclusão

Se bem que o LM350 seja já bem conhecido de todos os leitores, dar uma revisada nas suas possíveis configurações é sempre interessante. Nesse artigo lembramos algumas configurações úteis desse componente que pode ser usado em fontes simples e de baixo custo que não exijam componentes sofisticados.

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Novembro chegando (OP197)

Novembro é o mês de encerramento das aulas e com isso, diferentemente do que muitos pensam, as atividades estudantis não terminam. Alguns curtirão suas férias, mas outros ficam para exames e mais ainda, precisam terminar seus TCCs.

Leia mais...

Obséquio
O obséquio produz amigos, a verdade ódio. (obsequium amicos veritas odium parit.)
Terêncio (190-159 AC) - A Moça de Andros - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)