NOSSAS REDES SOCIAIS -

Medida de Distâncias por Ultrassom (MIC084)

A medida de distâncias por ultrassons possibilita o desenvolvimento de diversos recursos mecatrõnicos importantes. Dentre eles destacamos a medida de movimento, controle de direção robótico, sensores de proximidade, medida de objetos, sistemas de auto-foco e muito mais. Neste artigo, baseados no Applicatio0n Note d Microchip, mostramos com implementar este tipo de recurso utilizando microcontroladores da série PIC.

No seu Application Note AN567 a Microchip (www.microhcip.com) descreve o modo de se acoplar um PIC a um módulo ultrassônico da Polaróide, tipo 6500. No entanto, o procedimento também pode ser levado em conta para aplicação com outros tipos de módulos. Na figura 1 temos o diagrama de blocos básico do sistema.

 


 

No documento original da Microchip, que pode ser baixado no formato PDF diretamente do site da empresa, a listagem do programa para implementação desta função pode ser encontrada.

Nesta aplicação o microcontrolador implementa a inteligência para a medida de distância através de ultrassons enquanto que o módulo fornece o emissor e o sensor para a emissão das ondas ultrassônicas.

O circuito emite uma onda sonora na faixa inaudível medindo o tempo que essa onda demora para ir até o objeto e refletida, voltar até o sensor. O tempo medido é proporcional à distância, lembrando que essas ondas se propagam a uma velocidade de aproximadamente 340 metros por segundo. No projeto, para se eliminar reflexões falsas ou interferências entre os sinais, existe um tempo de silêncio no qual se recebe o éco para processamento.

No projeto sugerido pela Microchip, foi usado o PIC18C74, conforme diagrama de blocos indicado na figura 1. Os pinos I/O RE0 e RE1 foram configurados como saídas digitais e foram ligados aos pinos INT e BiNH do módulo. O pino CCP1 é configurado como uma entrada digital e ligado ao pino ECHO do módulo. Neste pino temos uma saída em coletor aberto, exigindo-se então um resistor pull-up.

Na figura 2 temos os diagrama de tempos para os sinais digitais que são encontrados nos diversos pontos do circuito. Esses tempos têm os seguintes significados.

 

1 - tempo de estabilização do módulo

2 - tempo de inibição do intervalo inativo

3 - Duração do éco

4. Tempo HI para o INIT

5. Tempo LO para o INIT

 

O PIC é configurado para utilizar os timers internos. O timer 1 no modo de captura mede o tempo entre a emissão do sinal e o eco.

 


 

A resolução do timer é determinada pela freqüência de clock do microcontrolador. Para esta aplicação foi utilizado um oscilador externo de 4 MHz, o que permite uma resolução de 1 ms por bit. No sistema, o mesmo transdutor é usado tanto na emissão como na recepção do eco.

No projeto original consegue-se uma precisão de +/- 1% na medida de distâncias de 6 polegadas a 35 pés o que correspo0nde a aproximadamente 20 cm a 12 metros. Em algumas aplicações pode ser necessário alterar o ganho do amplificador. Para esta finalidade, o módulo conta com um resistor (R1) cujo valor determina o ganho e que pode ser alterado. O manual do módulo explica como fazer isso. O valor típico do resistor de pull-up na saída ECHO do módulo é de 4,7 k?.

Artigos Relacionados

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Novembro chegando (OP197)

Novembro é o mês de encerramento das aulas e com isso, diferentemente do que muitos pensam, as atividades estudantis não terminam. Alguns curtirão suas férias, mas outros ficam para exames e mais ainda, precisam terminar seus TCCs.

Leia mais...

Invejar
é melhor ser invejado do que lastimado.
Heródoto - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)