NOSSAS REDES SOCIAIS -

Novas tecnologias para monitoramento de qualidade de energia (ART4457)

Em diversos de nossos artigos salientamos a necessidade de se manter atento para a qualidade da energia que chega a uma instalação industrial, comercial ou outra tanto para minimizar os gastos como para manter o funcionamento correto dos equipamentos. Mais do que nunca, a necessidade de se fazer isso está levando a novas tecnologias que estão sendo aplicadas no mundo inteiro. Neste artigo, tratamos um pouco delas.

Um estudo feito pelo Electric Power Research Institute (EPRI) dos Estados Unidos mostra que todos os anos as instalações industriais perdem perto de 100 bilhões de dólares com problemas criados pela qualidade da energia.

Estas perdas incluem variações da tensão, distúrbios no fornecimento como surtos, transientes, sags e outros que passam através das linhas de alimentação, justamente devido ao fato de que os diversos equipamentos estão ligados numa mesma rede.

Muitos desses problemas podem ser eliminados através de procedimentos corretos, mas para isso a energia deve ser monitorada permitindo sua identificação.

Suas origens podem ser as mais diversas. Diversas normas estabelecem o modo como a energia deve ser fornecida, mas existem os problemas que causam alterações que são prejudiciais aos equipamentos.

A tensão da rede deve ser perfeitamente senoidal, no entanto, conforme analisamos em outros artigos, a presença de harmônicas, transientes, e outros problemas pode modificar esta forma de onda e com isso afetar os equipamentos alimentados.

Deformações devido a harmônicas, por exemplo, podem causar o aquecimento de motores e transformadores, funcionamento anormal, sobrecargas e até envelhecimento precoce levando a gastos desnecessários com manutenção ou mesmo substituição.

 

Causas

Segundo pesquisa nos Estados Unidos, a maioria dos problemas, cerca de 85% ocorre devido a variações e deformações da tensão da rede. São os “dips” e “swells", os transientes e surtos, além das harmônicas.

A presença dessas variações faz com que a energia que chega aos equipamentos saia dos padrões mínimos exigidos para o funcionamento normal e com isso as anormalidades, desgastes e problemas mais graves ocorram.

O problema é agravado pelo fato de que, cada vez mais são utilizadas fontes alternativas de energia que envolvem a presença de circuitos comutados tais como inversores de tensão, que fazem uso de tecnologia responsável pela geração de grande quantidade de harmônicas.

Com isso, cada vez mais a presença de harmônicas na linha de alimentação de uma indústria contribui para o aparecimento de problemas. Artigos em nosso site tratam da prevenção desses problemas, tais como o aterramento.

Existem diversos padrões que tratam da qualidade de energia como os derivados do IEC 61000 para equipamentos Classe A e S, medidas de harmônicas e outros. Os professionais devem conhecê-los.

 

Mantendo a qualidade da energia com novas tecnologias

Tecnologias atuais possibilitam o monitoramento da qualidade de energia desde a entrada de alimentação de uma indústria ou outra instalação, até mesmo de um simples equipamento. Hoje é possível até mesmo integrar monitores de qualidade de energia num simples equipamento para detectar, controlar ou mesmo alertar para a possibilidade da ocorrência de problemas.

Com recursos apropriados eventuais problemas podem ser identificados, analisados e corrigidos. Melhorias no fator de potência podem ser uma recompensa para o uso desta tecnologia.

Antigamente, para se monitorar a qualidade de energia era necessário usar um complexo conjunto de equipamentos e ter profissionais treinados para interpretar os dados e, é logico, saber usar esses dados na correção de problemas.

 

Figura 1 – Instrumentação complexa era necessária ao monitoramento da qualidade de energia
Figura 1 – Instrumentação complexa era necessária ao monitoramento da qualidade de energia

 

 

Hoje tudo mudou. Um simples componente pode integrar os recursos para a análise de energia e até integrar recursos para que a correção do problema, o controle inteligente da máquina ou ainda um aviso de problema seja incluído.

No nosso artigo COMD008 mostramos o ADE9000, um componente da Analog Device que contém todos os recursos necessários ao monitoramento da energia.

 

Figura 2 – O ADE9000 da Analog Devices
Figura 2 – O ADE9000 da Analog Devices

 

Este componente consiste num AFE (Analog Front End) que integra ADCs e um cerne de DSP. Com ele é possível obter parâmetros importantes sobre a qualidade da energia como os surtos, sags, swells, harmônicos necessários ao monitoramento da qualidade da energia.

 

Figura 3 – Diagrama funcional do ADC9000 da Analog Devices
Figura 3 – Diagrama funcional do ADC9000 da Analog Devices

 

 

 

Conclusão

A preocupação com a qualidade da energia não vem apenas dos seus custos para a empresa. Economizar é importante.

Vem também no uso correto da energia eliminando-se os desperdícios e prolongando a vida útil dos equipamentos que ficam livres de falhas, têm sua manutenção reduzida e o envelhecimento precoce.

Analise no seu próximo projeto, ou naquela instalação industrial que você faz a manutenção a possibilidade de agregar recursos para monitorar a qualidade da energia.

 

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Em busca de novos tempos

Em nossos últimos artigos, participações em lives, podcasts e vídeos temos ressaltado que estamos rapidamente caminhando para uma mudança de hábitos. São os novos tempos que estão chegando e que, em vista da pandemia estamos buscando para que sejam melhores e que nos tragam esperanças, paz e novos graus de compreensão, principalmente em nível mundial.

Leia mais...

Avarento
O avarento sempre sente necessidade. (Semper avarus eget.)
Horácio (65 8 a.C.) - Epístolas - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)