Medidor de Transparência (ART4130)

Escrito por Newton C Braga

Esta é mais uma experiência didática para ensino de tecnologia segundo o BNCC (Veja ART4128 para a introdução à série) retirada de meu caderno de anotações dos anos 60. Nele anotei diversas experiências que usei durante minha longa carreira como educador, artigos e livros de minha autoria no Brasil e Exterior.

Esta experiência simples se baseia no fotômetro com LDR que descrevemos no ART4128 e também pode ser realizada com base num multímetro comum como indicado naquele artigo. Nele, também sugerimos a inclusão de um experimento para verificar a transparência de objetos em aulas de óptica tanto para o ensino fundamental como médio.

O que temos então é uma fonte de luz fixa e um sensor, no caso o LDR, ligado a um instrumento indicador.

A corrente indicada pelo instrumento será proporcional à quantidade de luz que o sensor deixa passar e, que por sua vez, dependerá de sua transparência, conforme mostra a figura 1.

 

Figura 1 – O experimento
Figura 1 – O experimento

 

Mais uma vez, dada a finalidade história do artigo, mantivemos a figura original dos anos 60 de meu caderno de anotações. Evidentemente, o texto foi atualizado.

Podemos dar um acabamento especial ao aparelho montando-o numa caixa de papelão, conforme mostra a figura 2.

 

   Figura 2 – A montagem final
Figura 2 – A montagem final

 

Nela, temos de um lado uma fonte emissora de luz que pode ser um conjunto de LEDs brancos, uma lâmpada de LEDs ou mesmo uma lâmpada incandescente comum.

Na abertura é colocado o objeto do qual se deseja medir a transparência. O transparência será proporcional à corrente indicada pelo instrumento.

Se o leitor tiver objetos com a transparência conhecida pode até elaborar uma escala para o instrumento.

Tente objetos como;

- Folhas de papel de diversos tipos

- Plásticos

- Vidros

- Copos com líquidos de diversas cores

Tenha cuidado para que a luz ambiente não chegue ao LDR afetando assim os resultados obtidos nos experimentos.