NOSSAS REDES SOCIAIS -

Luzes Estroborrítmicas (ART1550)

Descrevemos um interessante efeito de luz para vitrines, stands ou salões de festas que combina as luzes estroboscópicas com luzes rítmicas. Se bem que efeito seja indicado para lâmpadas incandescentes apenas, que estão saindo de uso, trata-se de montagem experimental ou decorativa interessante.

O circuito apresentado utiliza componentes comuns, alimentando dois conjuntos de lâmpadas incandescentes que piscarão de modo alternado, variando a frequência conforme o sinal de entrada de áudio obtido de um amplificador.

O circuito só funciona com lâmpadas incandescentes de 5 a 60 W, mas é muito interessante pelos efeitos decorativos.

O sinal de áudio do amplificador para excitá-lo é bastante pequeno, de modo que ele não afeta a potência do sistema.

 

Como Funciona

Para fazer com que dois conjuntos de lâmpadas pisquem alternadamente usamos a conhecida configuração do multivibrador astável com dois transistores.

A frequência básica deste oscilador é determinada pelos capacitores C2 e C4, que podem ter seus valores escolhidos conforme o efeito desejado.

Esta frequência, também depende de R4 e R5 e do ajuste do potenciômetro P1.

Este potência acrescenta a polarização do multivibrador o sinal de áudio obtido de um sistema de som através do transformador T2.

Assim, o sinal de áudio modula o multivibrador alterando sua frequência e com isso agregando ao circuito o efeito rítmico.

Os sinais do multivibrador são aplicados a dois SCRs que então controlam dois sistemas de lâmpadas incandescentes ligados em duas tomadas.

A alimentação para o setor de baixa frequência vem de uma fonte simples com um transformador de 6+6 V, não necessitando de regulagem.

 

Montagem

Na figura 1 temos o diagrama completo do aparelho.

 

   Figura 1 – Diagrama do aparelho
Figura 1 – Diagrama do aparelho

 

A montagem pode ser feita em placa de circuito impresso comum, do tipo universal ou em matriz de contatos.

Na figura 2 temos o padrão para a montagem numa placa universal ou matriz de contatos.

 

Figura 2 – Montagem em placa universal
Figura 2 – Montagem em placa universal

 

Os SCRs devem ser dotados de dissipadores calor com sufixo B ou D para a rede de 110 V e sufixo D para a rede de 220 V.

O transformador T1 tem secundário de 6 + 6 V com 200 a 500 mA de corrente.

T2 pode ser qualquer pequeno transformador de fonte pequeno com 6 a 12 V de secundário com corrente de 100 a 300 mA e 110 ou 220 V de primário.

Usaremos este transformador ligando o enrolamento de alta tensão ao potenciômetro.

Rx depende do amplificador conforme a seguinte tabela:

Tabela

Os demais componentes são comuns com resistores de 1/8 W e capacitores menores cerâmicos ou de poliéster.

Na figura 3 temos uma sugestão de caixa para montagem com tomadas comuns usadas para ligar as lâmpadas.

 

Figura 3 – Caixa para montagem
Figura 3 – Caixa para montagem

 

O modo de conexão do aparelho ao amplificador é mostrado na figura 4.

 

Figura 4 - Conexão ao amplificador
Figura 4 - Conexão ao amplificador

 

Para as lâmpadas podemos ligar diversas delas em paralelo, conforme mostra a figura 5.

 

Figura 5 – Conexão das lâmpadas
Figura 5 – Conexão das lâmpadas

 

 

Prova e uso

Para testar, basta ligar o aparelho na saída de um amplificado e colocá-lo para reproduzir algum programa à médio volume.

Ligando o aparelho os LEDs devem piscar alternadamente, juntamente com as lâmpadas.

Ajuste então P1 para que as piscadas passem a variar acompanhando a música.

 

Q1, Q2 – BC548 – transistores NPN de uso geral

SCR1, SCR2 – TIC106B ou D – ver texto

D1 a D4 – 1N4002 – diodos de silício

T1 – Transformador de 6 + 6 V com 200 mA a 500 mA

T2 – Transformador – ver texto

LED1, LED2 – LEDs vermelhos comuns

P1- 10 k Ω - potenciômetro

S1 – interruptor simples

Rx – ver tabela

R1. R2. R4, R5, R7, R8 – 10k Ω – resistor – marrom, preto, laranja

R3, R4 – 470 Ω – resistores – amarelo, violeta, marrom

C1 – 470 µF – eletrolítico

C2, C4 – 470 nF – capacitores cerâmicos ou poliéster

C3 – 100 nF – capacitor cerâmico ou poliéster

F1 – fusível de 5 A

Diversos:

Placa de circuito impresso, caixa para montagem, soquete para fusível, tomadas, cabo de força, fios, solda, etc.

 

 

 

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Novembro chegando (OP197)

Novembro é o mês de encerramento das aulas e com isso, diferentemente do que muitos pensam, as atividades estudantis não terminam. Alguns curtirão suas férias, mas outros ficam para exames e mais ainda, precisam terminar seus TCCs.

Leia mais...

Superstição
A superstição é a religião da mentes fracas. (Superstition is the religion of feeble minds.)
Burke (1729 - 1797) - Reflexões Sobre a Revolução em França - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)