O Site do Hardware Livre - OSHW

Detector de Metais (ART1772)

Descrevemos a montagem de um sensível detector de metais que funciona pelo batimento entre oscilador. Este detector é totalmente transistorizado e não apresenta dificuldade para a montagem, pois são usados componentes comuns e de baixo custo.

Descrevemos um sensível detector de metais que pode detectar moedas e pequenos objetos às pequenas distâncias e objetos maiores a profundidades de até algumas dezenas de centímetros.

O circuito é alimentado por pilhas e fornece o sinal sonoro de busca a um pequeno alto-falante.

O princípio de funcionamento é o mesmo dos detectores profissionais que podem ser encontrados em lojas especializadas.

 

Como Funciona

Quando o sinal de dois osciladores que operam em frequências diferentes são combinados, surge o que se denomina batimento que é um sinal cuja frequência é a diferença das frequências dos osciladores.

Aparece um segundo sinal que é a soma das frequências, mas que no nosso caso não é importante.

Isso significa que se ajustarmos os dois osciladores para operar na mesma frequência a diferença e, portanto, o batimento será nula.

Se um dos osciladores tiver sua frequência determinada por uma bobina, qualquer alteração de sua indutância provocada pela presença de um objeto de metal, modificará a frequência do oscilador e o batimento deixará de ser nulo.

Este batimento, de baixa frequência, consiste num sinal de áudio que pode ser amplificado e reproduzido num alto-falante.

Assim, no nosso detector de metais temos dois osciladores ajustados para o batimento nulo.

Quando aproximamos a bobina exploradora de um dos osciladores e um objeto de metal o batimento surge e é levado a um amplificador com quatro transistores para a reprodução.

No nosso projeto, os dois osciladores são projetados para operar numa frequência em torno de 600 kHz.

 

Montagem

Na figura 1 temos o ponto mais importante do projeto que é a bobina exploradora.

 

    Figura 1 – A bobina exploradora
Figura 1 – A bobina exploradora

 

 

Esta bobina é enrolada numa forma plástica de aproximadamente 15 cm com 16 espiras de fio 28.

Sua ligação ao circuito é feita através de cabo blindado.

Na figura 2 temos o diagrama completo do detector de metais.

 

   Figura 2 – Diagrama completo do detector
Figura 2 – Diagrama completo do detector

 

A montagem numa placa de circuito impresso é mostrada na figura 3.

 

   Figura 3 – Placa de circuito impresso para a montagem
Figura 3 – Placa de circuito impresso para a montagem

 

 

L1 é formada por 35 espiras de fio 28 num bastão de ferrite de 10 a 12 cm de comprimento e 1 cm de diâmetro.

Na montagem, observe as posições dos transistores e a polaridade de diodos e capacitores eletrolíticos.

Os resistores são todos de 18 W com qualquer tolerância e os capacitores eletrolíticos para 12 V ou mais de tensão de trabalho.

Os capacitores dos osciladores devem ser cerâmicos de boa qualidade e o alto-falante tem de 5 a 10 cm com 4 ou 8 ohms de impedância.

O capacitor CV pode ser aproveitado de um rádio AM fora de uso.

Os dois ajustes são feitos em CV para o batimento nulo (sem som no alto-falante) e P1 para o volume.

Para saber se o circuito está oscilando, basta aproximá-lo de um rádio de ondas médias, conforme mostra a figura 4.

 

   Figura 4 – Testando o circuito
Figura 4 – Testando o circuito

 

 

Comprovado o funcionamento é só testar com pequenos objetos de metal.

Se ocorrerem problemas de neutralização do circuito, ou seja, batimento nulo, verifique se o capacitor variável de ajuste é realmente para a faixa de AM.

Altere a bobina do oscilador (L1), pois ela pode não estar alcançando a frequência do outro oscilador.

Inicialmente retira uma ou duas espiras e, se não der certo, aumente uma ou duas espiras.

 

Q1, Q2 – BF494 – transistores NPN de RF

Q3, Q4, Q5 – BC548 – transistores NPN de uso geral

Q6 – BC558 – transistor PNP de uso geral

D1 – 1N34 ou 1N60 – diodo de germânio

D2, D3 – 1N4148 ou 1N914 – diodos de uso geral

R1, R2, R10 – 220 k ohms – resistores – vermelho, vermelho, amarelo

R3, R4 – 2k2 ohms – resistores – vermelho, vermelho, vermelho

R5, R6 – 3k3 ohms – resistores – laranja, laranja, vermelho

R7 – 10 M ohms – resistor – marrom, preto, azul

R8 – 100k ohms – resistor – marrom, preto, amarelo

P1 – 470 k ohms – trimpot

C1, C2, C3, C4 – 1n5 – capacitores cerâmicos

C5, C6 – 470 pF – capacitores cerâmicos

C7, C8 – 56 pF – capacitores cerâmicos

C9, C10, C11, C13 – 100 pF – capacitores cerâmicos

C12 – 4,7 uF – capacitor eletrolítico

C14 – 220 uF – capacitor eletrolítico

C15 – 47 uF – capacitor eletrolítico

CV – capacitor variável – ver texto

L1, L2 – Bobinas – ver texto

FTE – 4 ou 8 ohms – alto-falante pequeno

S1 – Interruptor simples

B1 – 6 V – 4 pilhas pequenas

 

Diversos:

Placa de circuito impresso, caixa para montagem, cabo e forma para a bobina, suporte de pilhas, fio blindado, fio esmaltado, bastão de ferrite, fios, solda, etc.

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Ser não ser honesto (OP192)

Não há dúvida de que estamos passando por uma época de transformações políticas e sociais. Já não se admite desonestidade na política, e evidentemente em qualquer outro tipo de atividade em nosso país. A pressão tem sido cada vez maior no sentido de erradicar este mal, mas infelizmente ainda vemos que em alguns setores, esta mentalidade parece não estar mudando com a devida velocidade.

Leia mais...

Sensatez
Toda coisa sensata já tem sido pensada; apenas, tem que se tentar pensá-la de novo. (Alles Gesceite ist schon gedacht worden, man muss nur versuchem, es noch einmal zu danken.)
Goethe (1749 - 1832) - citado em Anos de Aprendizado - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)