O Site do Hardware Livre - OSHW

Trêmulo Para Guitarra e Outros Efeitos (ART1798)

Temos neste site diversos circuitos de efeitos sonoros para violão e guitarra, como é o caso do trêmulo. Esta versão é diferente, pois usa um isolador óptico improvisado e tem um 4093 para gerar a modulação. Simples de montar, o circuito é alimentado por pilhas comuns.

Descrevemos um circuito que modula o sinal que passa do captador de um violão ou guitarra para o amplificador.

O resultado é um som tremido, conforme o ajuste da velocidade da modulação feita através de um potenciômetro.

O circuito também opera com microfones e o isolamento óptico garante que a ocorrência de ruídos seja mínima.

No projeto original usamos uma lâmpada incandescente de lanterna, mas podemos perfeitamente colocar em seu lugar um LED branco em série com um resistor de 100 ohms.

O circuito consiste num oscilador elaborado em torno de uma das portas de um 4093, cuja frequência é determinada por C1 e pelo ajuste do potenciômetro.

O sinal deste oscilador é amplificado digitalmente pelas outras portas servindo para acionar um transistor que tem por carga uma lâmpada.

A luz desta lâmpada controla o sinal do captador através de um LDR que funciona como modulador.

Na figura 1 temos uma sugestão de fonte de alimentação para o circuito.

 

  Figura 1 – Fonte de alimentação para o trêmulo
Figura 1 – Fonte de alimentação para o trêmulo

 

Na figura 2 temos o diagrama completo deste efeito sonoro.

 

   Figura 2 – Diagrama completo do aparelho
Figura 2 – Diagrama completo do aparelho

 

A placa de circuito impresso para a montagem é mostrada na figura 3.

 

   Figura 3 – Placa de circuito impresso para a montagem
Figura 3 – Placa de circuito impresso para a montagem

 

Na montagem, observe a posição do circuito integrado e do transistor, alem da polaridade da fonte de alimentação.

Os resistores são de 1/8 W com qualquer tolerância e os demais componentes conforme a lista de materiais.

O LDR é redondo comum, e a lâmpada de6 V tem corrente de 50 a 100 mA.

Na figura 4 temos o modo de se construir o acoplador óptico utilizando um tubinho de plástico ou papelão.

 

   Figura 4 - Construção do acoplador
Figura 4 - Construção do acoplador

 

Em lugar da lâmpada pode ser usado um LED branco de alto brilho em série com um resistor de 100 ohms x 1 W.

Para entrada e saída dos sinais devem ser usados fios blindados.

Os potenciômetros controlam o efeito, podendo o conjunto ser instalado numa caixinha com um pedal que aciona o efeito, conforme mostra a figura 5.

 

   Figura 5 – Caixa para a montagem
Figura 5 – Caixa para a montagem

 

 

CI-1 – 4093 – circuito integrado

Q1- BC548 ou BD135 – transistor NPN

LDR – LDR redondo comum

S1 – Interruptor simples

B1 – 6 V – fonte de alimentação ou pilhas

P1 – 2M2 ohms – potenciômetro

P2 – 47k ohms – potenciômetro

C1 – 1 uF – capacitor eletrolítico

R1 – 100 k ohms – resistor – marrom, preto, amarelo

R2 – 2k2 ohms – resistor – vermelho, vermelho, vermelho

 

Diversos:

Placa de circuito impresso, material para fonte, jaques de entrada e saída, fios blindados, fios, solda, etc.

 

 

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Novidades de Outubro (OP196)

Ainda repercutindo nosso mês de aniversários, completamos o mês com a participação da IoT Latin America 2019 onde atendemos nossos amigos no estande da Mouser Electronics. Como sempre, tivemos a satisfação de encontrar amigos, colaboradores e clientes, trocando ideias sobre negócios e o futuro da tecnologia.

 

Leia mais...

Beleza
A beleza é o acordo entre o conteúdo e a forma.
Ibsen (1828 1906) A Noite de S. João Ato I - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)