O Site do Hardware Livre - OSHW

Microfone Sem Fio OM (ART4191)

Com este circuito bastante simples, você fala, e sua voz pode ser ouvida num receptor comum de rádio de ondas médias, num ponto do mostrador em que não exista nenhuma estação transmitindo. Com isso você pode usá-lo com as

mais diversas finalidades, como por exemplo, para brincar de agente secreto, para falar de uma sala para outra de sua casa, ou simplesmente para brincar de "estação de rádio".

ART2032S

 

Este artigo faz parte de meu livro Experiências e Brincadeiras com Eletrônica - Volume 1. Este projeto, bastante simples era uma curiosidade na época. No site do autor podem ser encontradas versões mais modernas, tanto para a faixa de ondas médias como para ondas curtas e até FM.

 

Evidentemente, como se trata de um circuito extremamente simples cujo sinal emitido é bastante fraco, mesmo porque não é permitida a operação deste tipo de aparelho com alcance maior, o alcance obtido dependerá de diversos fatores, sendo o principal a sensibilidade do receptor usado.

Para um caso de receptor sensível, o alcance máximo obtido será da ordem de 10 metros, dependendo também das condições de operação do circuito.

O material usado para esta montagem é todo de facílima obtenção, sendo a bobina enrolada com fio comum, de modo que até os principiantes que pouca ou nenhuma prática tenham em montagens eletrônicas poderão realizar este projeto.

Como se trata de circuito muito simples, sua montagem pode ser feita de modo a permitir seu alojamento numa pequena caixa plástica.

 

O CIRCUITO

A base deste circuito é um oscilador de bloqueio, ou seja, um circuito formado por um transistor e duas bobinas. A bobina L1 serve de carga para o sinal gerado, determinando a frequência de operação do oscilador, enquanto que a bobina L2 tem por função fornecer a realimentação ao circuito que o

mantém em oscilação. Deste modo, este circuito pode converter a energia fornecida pela pilha sob a forma de uma corrente contínua numa onda eletromagnética (uma onda de rádio), de frequência correspondente às estações de rádio de ondas médias. Com isso, o sinal gerado é emitido a partir do aparelho por meio de uma pequena antena, podendo então

ser sintonizado num receptor comum.

Para poder gerar este sinal é necessário um elemento ativo no circuito, que no caso é o transistor. Trata-se de um tipo de transistor bastante comum,que possui diversos tipos equivalentes que podem ser usados em seu lugar caso o original não seja encontrado.

A modulação em amplitude (AM) é feita na base do transistor. Modular o sinal consiste em se aplicar ao sinal transmitido uma corrente de baixa frequência que provoca variações de sua intensidade no mesmo ritmo do som que deve ser emitido, variações estas que serão reproduzidas no alto-falante do receptor. Assim, modular um sinal consiste em se aplicar o sinal que deve ser transmitido a ele de modo a transmiti-lo à distância.

O alcance do microfone sem fio dependerá da potência do oscilador,que no nosso caso é determinada pelo transistor e pela tensão de alimentação. No caso, como não se pode utilizar uma tensão maior que 9 \/, o alcance ficará limitado à distância de aproximadamente 10 metros.

 

Obs.: Com um transistor BD135 pode-se alimentar o circuito com 12 V e assim obter um alcance maior.

 

O capacitor C1 é do tipo ajustável e tem por função determinar a freqüência de operação do circuito oscilador, ou seja, o ponto do mostrador do rádio em que deve ser sintonizado seu sinal. Este capacitor deve ser ajustado para que o circuito opere numa frequência em que não exista nenhuma estação transmitindo.

 

 

MONTAGEM

 

Na figura 1 temos o diagrama completo do microfone sem fio.

 

   Figura 1 – Diagrama do aparelho
Figura 1 – Diagrama do aparelho

 

 

Na figura 2 temos a disposição dos componentes numa ponte de terminais.

 

   Figura 2 – Montagem em ponte de terminais
Figura 2 – Montagem em ponte de terminais

 

 

Comece a montagem por enrolar a bobina osciladora. A Essa bobina deve ser enrolada num bastão de ferrite de uns 10 cm de comprimento com fio fino de ligação comum, ou se o leitor preferir, com fio esmaltado 28 ou 30. O sentido de enrolamento dessa bobina é bastante importante.

Em primeiro lugar comece por enrolar L1 que consiste em 100 espiras (voltas) de fio enroladas ordenadamente no bastão de ferrite. Você pode usar fita isolante no final do enrolamento para prender o fio.

Em seguida, enrole a bobina L2 que consiste em 20 espiras de fio de mesmo tipo, enroladas no mesmo sentido da primeira bobina, sobre ela. Veja o desenho, se tiver dúvidas.

Os componentes são todos soldados numa ponte de terminais do tipo miniatura, conforme mostra o desenho. Para a soldagem destes componentes você deverá usar um ferro de soldar de pequena potência (no máximo de 30

Watts) e solda de boa qualidade. Como ferramentas auxiliares,um alicate de ponta, um alicate de corte e uma chave de fenda deverão ser utilizados.

Solde, em primeiro lugar, o transistor observando a sua posição. A parte achatada deve ficar voltada para o lado de cima, conforme mostra o desenho. Em seguida, solde os demais componentes, sempre fazendo a soldagem rapidamente, de modo que o calor não possa afetá-los.

A interconexão entre os componentes deve ser feita com fio rígido de capa plástica cortada em tamanho apropriado.

Complete a montagem soldando a tomada da bateria, atentando para a sua polaridade (o fio preto é o pólo negativo), e o microfone de cristal (*) cujo cabo deve ter um comprimento máximo de 30 cm. O fio que faz conexão com a antena telescópica também deve ter um comprimento máximo de 15 cm.

 

Obs.: Mais de fácil de obter atualmente é uma cápsula piezoelétrica cerâmica ou microfone cerâmico.

 

Observe que no caso do microfone de cristal, temos dois terminais. Um deles faz conexão com a própria carcaça de metal desse microfone, enquanto que o outro se encontra isolado. Observe que o lado da carcaça deve ser-conectado por meio de um fio ao terminal da ponte que está ligado ao terminal 2 da bobina Li Se esta ligação for invertida o circuito pode funcionar de modo instável.

 

 

FUNCIONAMENTO E AJUSTES

Completada a montagem, verifique todas as ligações, se não existem soldas mal feitas ou cabos de componentes em curto. Se tudo estiver em ordem, poderemos passar a prova do microfone.

Para isso, pegue um rádio comum e sintonize-o numa frequência em torno dos 600 KHz em que não exista nenhuma estação transmitindo, e coloque-o nas proximidades do microfone sem fio. A uns 20 cm esta bom.

Coloque a bateria no suporte e ajuste com uma chave de fenda o parafuso de C1 até que o sinal do microfone seja ouvido no receptor. Vá falando enquanto isso no microfone, para verificar se sua voz está saindo convenientemente bem

no receptor.

Se no momento em que o circuito for ligado, no receptor não se obtiver sinal algum, mesmo com ajuste, ou ainda, procurando-se o sinal ao se girar o botão de sintonia do radio, a falha pode estar no enrolamento incorreto de L2. Você não precisará enrolar novamente esta bobina. Basta fazer o seguinte:

Troque de posição os fios 3 e 4 da bobina L2, ou seja, dessolde o fio 3 e solde-o no lugar em que estava soldado o fio 4 e faça o mesmo com o fio 4 que deve ser soldado no lugar em que estava soldado o fio 3. Ligando o aparelho novamente, agora ele deve funcionar corretamente.

A chave S1 que é do tipo interruptor de pressão, e que é optativa,serve para se economizar a bateria, pois ela será usada para ligar o transmissor somente no momento em que falarmos. Trata-se, portanto, de uma chave do tipo "aperte para falar".

 

 

Q1 - BC548 – transistor NPN de uso geral

R1 - 22K ohms - 1/8 W- resistor (vermelho, vermelho, laranja)

C1 - 10-40 pF - capacitor ajustável (trimmer ou padder) (*)

C2 - 50 pF - capacitor de mica (*).

C3 - 1 kpF - capacitor de mica ou policarbonato (*)

M1 - cápsula de microfone de cristal

L1, L2 - ver texto

B1 - bateria de 9 Volts

S1 - Interruptor de pressão

Diversos: ponte de terminais, antena telescópica, fio, solda etc.

 

(*) Os padders não mais são encontrados com facilidade. No lugar deles e do trimmer pode ser usado um capacitor variável de rádio de onda média, Os capacitores de mica, também são raros e o valor 50 pF não é padronizado atualmente, Use um de 47 pF cerâmico para C2 e 1kpF é o mesmo que 1 nF.

 

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Novidades de Outubro (OP196)

Ainda repercutindo nosso mês de aniversários, completamos o mês com a participação da IoT Latin America 2019 onde atendemos nossos amigos no estande da Mouser Electronics. Como sempre, tivemos a satisfação de encontrar amigos, colaboradores e clientes, trocando ideias sobre negócios e o futuro da tecnologia.

 

Leia mais...

Tolos e Velhacos
A riqueza dos tolos é o patrimônio dos velhacos.
Marquês de Maricá (1773 - 1848) - Máximas - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)