Zener Ajustável (ART084)

Escrito por Newton C Braga

Na falta de um diodo zener para referência numa fonte de alimentação, existem diversos meios de se simular esse componente. Damos no circuito a seguir uma solução interessante que permite obter um zener com a tensão desejada a partir de componentes comuns. O artigo é um dos projetos publicados no livro Fontes de Alimentação de minha autoria.

 

O circuito mostrado na figura 1 tem um certo grau de sofisticação em relação a um zener comum , pois pode ser ajustado com certa precisão e é capaz de manusear uma corrente até 100 mA.



Figura 1 – Circuito do zener ajustável.


Sua montagem pode ser feita numa pequena placa de circuito impresso conforme mostra a figura 2.



Figura 2 – Placa de circuito impresso para a montagem do zener ajustável.


A tensão zener deste circuito simulador pode ser ajustada entre 0,6 e 4 V tipicamente. Tensões maiores podem ser obtidas com alteração do valor de R1 e R2. O transistor Q2 deve ser montado num pequeno radiador de calor, principalmente se o circuito operar com sua capacidade máxima de corrente, e for utilizado um transistor de média potência BD. Observamos que, apesar de simular um diodo zener a linearidade deste circuito não é tão boa como a de um componente real. Assim, a tensão zener ajustada pode variar sensivelmente com as mudanças da tensão de entrada e da própria corrente no circuito. Para maior precisão no ajuste o trimpot comum pode ser substituído por um do tipo multi-voltas.

Observamos ainda que o diodo zener pode também ser simulado de forma “inversa” com o uso de um transistor NPN para Q1 (BC548, por exemplo) e um PNP para Q2 (BD136, por exemplo).


 

Lista de Material
Q1 – BC558 – transistor PNP de uso geral
Q2 – BC548 ou BD135 – transistor NPN de uso geral (até 50 mA) ou média potência (até 100 mA)
R1, R2 -1,2 k ohms x 1/8 W – resistor – marrom, vermelho, vermelho
P1 – 10 k ohms – trimpot
Diversos:
Placa de circuito impresso, radiador de calor para Q2 (se necessário), fios, solda, etc.