Transmissor Portátil de FM (TEL244)

Escrito por Newton C Braga

Este Transmissor tem um alcance da ordem de 200 metros em campo aberto, mas pode ser ainda muito maior com o uso de antena maior ou com a alimentação de 12 V e a utilização de um transistor mais potente como 2N1711 ou equivalente.

Podemos usar este aparelho em reportagens volantes ou como sistema de espionagem, dada a sensibilidade do microfone.

A alimentação é feita com 4 pilhas ou bateria de 9 V. Com bateria de 9 V o alcance e maior mas a durabilidade da fonte é menor.

Os sinais podem ser captados num ponto livre da faixa de FM, mas com alterações na bobina podemos operá-lo em qualquer ponto da faixa de VHF, conforme indicado nos outros capítulos deste livro.

 

MONTAGEM

Na figura 1 temos o diagrama do transmissor.

 

Figura 1
Figura 1

 

Os componentes são montados numa pequena placa de circuito impresso conforme disposição sugerida na figura 2.

 

Figura 2
Figura 2

 

L1 e formada por 4 espiras de fio 26 com diâmetro de 1 cm e comprimento da mesma ordem. A antena sai da segunda espira do lado do coletor do transistor ou mesmo da primeira, devendo o montador fazer experiências no sentido de encontrar o ponto de maior rendimento e estabilidade.

Os trimmers são de 3-30 pF. CV1 ajusta a frequência de operação e CV2 a estabilidade das oscilações em função da antena usada.

Todos os capacitores devem ser cerâmicos tipo disco e o microfone deve ser de eletreto de dois terminais.

A antena pode tanto ser um pedaço de fio de 15 a 50 cm como do tipo telescópico de até 1 metro de comprimento. O transmissor será montado numa caixa plástica de dimensões compatíveis com o material usado.

 

UTILIZAÇÃO

Ligue um rádio de FM a uma distância de 2 a 3 metros do transmissor numa frequência em que não haja nenhuma emissora operando. Ajuste então CV1 do transmissor para captar o sinal mais forte. Reduza o volume do rádio se houver um apito (realimentação acústica). Depois retoque a sintonia atuando sobre CV2 e CV1 novamente até obter o sinal mais estável.

Para operar, sempre use o transmissor em posição vertical sem agita-lo muito ao falar. Fale a uma distância de 4 a 5cm do microfone para que não haja distorção por saturação.

Se usar como espião monte-o longe de objetos de metal que possam prejudicar a propagação do sinal.

 

Q1 – BF494 ou BF254 – transistor NPN de RF

L1 – bobina – ver texto

CV1 e CV2 – 2-20 ou 3-30 pF – trimmer comum

MIC – microfone de eletreto

B1 – 6 ou 9 V – pilhas ou bateria

R1 – 10 k ohms x 1/8 W – resistor (marrom, preto, laranja)

R2 – 8k2 ohms x 1/8 W – resistor (cinza, vermelho, vermelho)

R3 – 4k7 ohms x 1/8 W – resistor ( amarelo, violeta, vermelho)

R4 - 82 ohms x 1/8 W – resistor (cinza, vermelho, preto)

C1 – 100 nF – capacitor cerâmico

C2 – 22 nF – capacitor cerâmico

C3 – 2,7 pF – capacitor cerâmico

C4 – 10 nF a 100 nF – capacitor cerâmico

Diversos: interruptor simples, antena, placa de circuito impresso, fios, solda, etc.