Mini-Amplificador Para Toca-Discos (V017)

Escrito por Newton C Braga

Mostramos um circuito bastante tradicional em toca-discos portáteis de muito baixo custo populares nos anos 50 e mesmo 60. O circuito usa apenas duas vàlvulas e é ligado diretamente na rede de energia, sem a necessidade de transformador.

O circuito alimentado pela rede de 117 V (110/120 V) usa válvulas com os filamentos ligados em série. O resistor de 260 ohms faz a redução da tensão dos filamentos de modo que cada válvula receba a tensão correta.

O único componente mais crítico deste projeto, além das válvulas é o transformador de saída. O controle de tom é simplificado, consistindo num potenciômetro e um capacitor em série.

Para o capacitor de filtro triplo podem ser usados eletrolíticos separados com uma tensão de trabalho de acordo com o indicado para cada seção no diagrama.

Veja que o projeto original é indicado para fonocaptores (cápsulas) de cristal populares na época, no entanto, este circuito deve funcionar também com capsulas cerâmicas.

A potência de saída obtida com a válvula indicada é da ordem de 2 W utilizando-se um pequeno alto-falkante de 15 a 20 cm na reprodução. Veja que o motor do toca-discos está ligado na própria alimentação do circuito.

Circuitos como este eram usados nos toca-discos da Zenith.

Na foto um toca-discos deste tipo. A seguir, na figura 1, o diagrama completo do amplificador.

 

Figura 1 – Diagrama completo do amplificador.