Proteção Crowbar (MEC342)

Este artigo é do meu livro Robotics, Mechatronics and Artificial Intelligence (esgotado) publicado nos Estados Unidos (*). O circuito descrito pode ser usado para proteger fontes de alimentação e cargas.

MEC135E MEC214S

(*) Uma nova edição em português, em espanhol e em inglês está sendo preparada com a finalidade de atender as modificações impostas no ensino de tecnologia no nível médio pelo BNCC (Base Comum Curricular) de 2018 e pelo STEM do programa americano semelhante aprovado em 2015 e analisado desde 2009.

Este circuito é usado para acelerar a queima de um fusível quando a corrente sobe acima de um valor predeterminado. A ação rápida do SCR acelera o processo de queima, cortando a corrente em um intervalo de tempo muito curto. O circuito mostrado na Figura 1 é importante para proteger circuitos sensíveis de curtos ou grandes mudanças de voltagem.

 

Figura 1 - Proteção de pé-de-cabra
Figura 1 - Proteção de pé-de-cabra

 

A queda de tensão no resistor R1 depende da corrente. Se a queda de tensão sobe para o ponto de disparo do SCR, o SCR liga, colocando a fonte de alimentação em um curto. Isso faz com que o fusível queime e o fluxo de corrente é interrompido.

O valor de R1 depende da corrente que o projetista especifica para queimar o fusível.

O valor é encontrado pela seguinte fórmula:

R = V / I

 

Onde

R = a resistência em ohms

V = tensão de disparo do SCR (normalmente entre 0,8 e 1,2 V para o TIC106)

I = corrente de disparo

Lembre-se que o SCR deve ser capaz de tolerar a corrente necessária para queimar o fusível.

 

 

 


Opinião

Novos tempos (OP213)

O mundo mudou. Depois da pandemia e também da guerra na Ucrânia o mundo será outro. Estamos presenciando e percebendo isso. Já não somos mais os mesmos.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia