Sensores – Elementos Fundamentais para o projeto Maker (ART2565)

Os projetos criados hoje em dia pelos Makers envolvem o interfaceamento entre placas de microcontroladores e o mundo ambiente. Sinais de saída são aplicados a Shields que controlam motores de passo, solenoides, LEDs e muito mais. Por outro lado, os sinais de entrada obtidos de sensores captam informações do mundo ambiente para operação do aplicativo. A MOUSER ELECTRONICS ( Clique aqui para ir ao site  ) oferece ao projetista uma infinidade de soluções em sensores. Veja neste artigo o que esta empresa pode fazer pelo seu projeto.

Saber o que acontece no meio ambiente através da ligação de sensores é fundamental para a maioria dos projetos que envolvem microcontroladores. Drones, vestíveis, automatismos e muito mais dependem totalmente deste interfaceamento que é feito através de sensores.

Um sensor é um transdutor que converte uma grandeza física num sinal elétrico que possa ser trabalhado por um circuito eletrônico.

Existem sensores para praticamente qualquer grandeza física como:

- Sensores de áudio que convertem sons em sinais elétrico, sendo o mais comum o microfone.

- Sensores biométricos que podem levantar o padrão de uma impressão digital ou outro sinal de identificação de pessoas.

- Sensores capacitivos ou de capacitância – são sensores que convertem uma variação de capacitância em sinais elétricos, podendo ser usados em chaves de toque, balanças eletrônica, sensores de níveis em reservatórios e muito mais.

- Sensores de corrente – os mais comuns são os sensores hall que convertem a variação de uma corrente, pelo campo magnético que ela cria num sinal elétrico.

- Codificadores ou encoders que podem ler a velocidade de rotação de um motor ou peça móvel ou ainda sua posição

- Sensores ambientes como sensores de umidade e outros que permitem detectar variações de certas condições ambientes.

- Sensores de fluxo que são usados em processos industriais e outros que são usados para medir o fluxo de gases ou líquidos num duto.

- Sensores de força e células de carga que são usados para medir forças e esforços mecânicos, podendo ser usados em balanças.

- Sensores de deslocamento linear que consistem em transdutores lineares de posição semelhantes aos encoders, mas com ação num percurso reto, podendo ser usado em automatismos e controles.

- Sensores magnéticos que podem monitorar a presença de um campo de uma bobina ou o campo magnético da terra.

- Sensores de movimento ou posição – são os sensores inerciais que podem ser usados no controle de veículos autônomos terrestres ou voadores como os drones.

- Sensores ópticos que são usados na detecção de variações de luz em sistemas automáticos (sensores de passagem), contagem de objetos, leitura de códigos de barras e muito mais.

- Sensores de pressão que podem ser usados tanto para monitorar a pressão num recipiente como do tipo barométrico para medir a pressão atmosférica.

- Sensores de proximidade – que podem ser to tipo capacitivo, óptico ou indutivo que também pode ser usados em automatismos, controles, alarmes e muito mais.

- Cortinas de luz de segurança, usadas em sistemas de alarme se segurança.

- Sensores de temperatura – finalmente temos os sensores de temperatura que podem ser do tipo resistivo ou semicondutor em sua maioria os quais podem ser utilizados numa infinidade de aplicações que envolvam esta grandeza tais como termômetros, termostatos, etc.

Além de milhares de tipos de sensores, fornecidos pelos maiores fabricantes, a Mouser Electronics também tem acessórios importantes para o trabalho e desenvolvimento de projetos envolvendo sensores. Acesse: http://br.mouser.com/Sensors/_/N-5gej/

Dentre os recursos adicionais que a Mouser Electronics oferece, destacamos:

- Ferramentas de desenvolvimento – são placas de desenvolvimento, placas de avaliação e software que possibilitam o desenvolvimento de aplicações com sensores específicos, fornecidas pelo próprio fabricante.

- Ferragens e acessórios – muitos sensores precisam de recursos mecânicos apropriados para sua montagem. A Mouser Electronics disponibiliza uma enorme quantidade deles, para os mais diversos tipos de aplicação.

E, utilizando o Multsim Blue, o leitor pode simular os projetos criando sua própria lista de componentes com a ferramenta BOM.

Para saber mais sugerimos consultar a página de Serviços e Ferramentas da Mouser Electronics em: http://br.mouser.com/servicesandtools/ 

 


Opinião

O que vem pela frente (OP210)

Uma das características do Instituto Newton C. Braga é a manutenção do ritmo de suas realizações, independentemente do que se passa no nosso mundo. Não foi a pandemia, nem crises de qualquer tipo que alteraram nosso ritmo de trabalho.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia