Corrente convencional e Eletrônica

Nos metais, a corrente elétrica consiste num movimento de elétrons, que são as cargas livres para esta finalidade. Ora, como os elétrons possuem cargas negativas, eles se movimentam do pólo negativo para o positivo de um gerador. Esta é a corrente real ou corrente eletrônica, conforme mostra a figura 1.

 

 

No entanto, para se entender melhor os fenômenos elétricos seriam interessante representar a corrente saindo do pólo positivo do gerador e chegando ao negativo. Ela seria causada pela movimentação da “falta de elétrons” ou lacunas, já que os prótons não se movem. Assim, por uma convenção, apenas para efeitos de maior facilidade de entendimento, convencionou-se representar a corrente elétrica circulando no sentido do pólo positivo para o negativo, ou seja, dos pontos de potencial mais alto para os pontos de potencial mais baixo, conforme mostra a figura 2.

 


Opinião

Eventos e muito mais (OP212)

Nosso grande destaque deste mês é o nossa Jornada do Desenvolvimento, que ocorrerá em três etapas sendo a primeira a que foi realizada entre 9 e 13 de agosto. Ela foi uma preparação para as demais que devem ocorrer em setembro e outubro, com oficinas de desenvolvimento com o Edukit SigFox e a Franzininho, numa jornada com os próprios criadores.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia