Professor Ventura em: Ratos no Congresso - Parte 4

Índice de Artigos

No porão, entretanto, o Professor Ventura ligava seu equipamento para fazer os primeiros testes. Oscilações potentes de freqüências altas demais para que nossos ouvidos as percebessem começaram a encher o ambiente. Os pequenos roedores começaram então a sentir-se perturbados e pouco a pouco o professor percebeu que alguns deles já corriam de um lado para outro, procurando um abrigo que os protegesse das incômodas oscilações.

- Funciona! - comentou satisfeito o Professor Ventura, apontando para as corridas de um rato aqui outro ali.

No terraço, alguns poucos pombos que estavam pousados no local voaram como que espantados por uma "mão invisível". Estavam sendo incomodados pelos ultrassons!
Mas, o que o Professor não havia percebido entretanto é que muitos tweeters estavam próximos demais das grades de entrada e saída do sistema de ar condicionado, e pelo seu formato elas funcionavam como verdadeiros "captadores" de ultrassons! Ainda mais, os condutores de ar funcionavam como "guias de onda" para essas vibrações pois, por incrível coincidência, suas dimensões eram múltiplos exatos do comprimento de onda das oscilações produzidas! Ainda mais: as múltiplas canalizações provocavam combinações de vibrações, obtendo-se como efeito batimentos e modulações cruzadas que levavam a emissão de um sinal com um padrão extremamente complexo, e de conseqüências imprevisíveis, principalmente para o organismo humano!
Finalmente, o mais importante‚ o local para onde essas vibrações estavam sendo conduzidas: o plenário! As grades de ventilação funcionavam como irradiadores secundários, difundindo as vibrações pelo ambiente com grande potência!
Ratos incomodados em baixo, e Deputados incomodados no meio e pombos em cima! (Para não dizer ratos incomodados no meio). Uma estranha semelhança de comportamento começou então a se manifestar entre os três grupos de "viventes".
Análises mais críticas poderiam associar as semelhanças de comportamento diante das oscilações às semelhanças de comportamento que os seres afetados tinham na vida normal.
Mas, foi o Deputado Cleomides Bocagrande quem primeiro sentiu os efeitos das estranhas vibrações na pele. Como não podia voar (como os pombos) ou roer (como os ratos), entrou em uma espécie de transe hipnótico e começou a agitar os braços de forma estranha, querendo "levantar vôo" como disseram algumas testemunhas e depois, "saindo completamente de si" subiu na sua mesa e começou a dar pulinhos e guinchar como um rato!

- Crii! Criii!


Opinião

O que vem pela frente (OP210)

Uma das características do Instituto Newton C. Braga é a manutenção do ritmo de suas realizações, independentemente do que se passa no nosso mundo. Não foi a pandemia, nem crises de qualquer tipo que alteraram nosso ritmo de trabalho.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia