Texto extraído do site INCB - www.newtoncbraga.com.br

Voltage, Current e Outros Termos (ING010)

No nosso país o uso do termo “voltagem” para indicar a “pressão elétrica” existente num circuito é considerado errado. Usamos o termo tensão, e isso também ocorre com outros termos. Nessa edição, em nossa seção de Inglês para Eletrônica, abordamos o uso de alguns termos técnicos usados na designação de unidades elétricas comuns. O leitor, ao encontrar tais termos em documentos técnicos deve tomar cuidado com sua tradução ou mesmo com sua interpretação.

 

 

É comum encontrarmos na literatura técnica em inglês o termo “voltage” (voltagem) para indicar tensões. Se bem que o mesmo não ocorra com as correntes, onde o termo usado é “current” e não “amperage”(amperagem, que não é usado), em muitos documentos em português ainda encontramos os equivalentes dessas palavras.

 

Assim, é comum encontrarmos em alguns documentos traduzidos de forma indevida, a maioria por pessoal que não do meio técnico, termos como voltagem, amperagem e até mesmo wattagem (?) para designar tensão, corrente e potência elétrica.

 

Nos documentos em inglês persiste o uso do termo “voltage” conforme podemos perceber pelo seguinte texto que tomamos como base para nossa análise:

 

“Breakdown Voltage in a Capacitor - If the voltage between the plates of a capacitor rises, passing over a certain value, breakdown occurs. The dielectric turns into a conductor and the capacitor is damaged by produced spark. The maximum voltage that can be applied to a capacitor without causing rupture of the dielectric is called “breakdown voltage” and is calculated as follows:” – Source Book for Electronic calculations, formulas and Tables – Newton C. Braga 1999 – Prompt  Publications – USA.

 

Vocabulário

Breakdown – ruptura

Voltage – tensão

Plates – placas

Rises – subir (rise, rising, rised)

Damaged – danificado

Spark – faisca

Rupture – ruptura

 

Observamos claramente neste texto que o termo usado para designar a tensão de ruptura de um capacitor é voltage. No entanto, nos documentos técnicos em inglês também encontramos termos equivalentes da física como “electric potencial”, “potential difference” e “electromotive force” que são medidas também em volts.

 

Um outro termo muito comum encontrado na documentação técnica em inglês é “breakdown” (ruptura).

 

Quando uma junção de um semicondutor, um dielétrico ou uma barreira que normalmente é isolante, é rompida pela aplicação de uma tensão excessiva, deixando passar a corrente dizemos que ocorre uma “ruptura” ou beakdown”. O resultado é um processo de “avalanche” que causa a queima do dispositivo. A ruptura ou breakdown também podem ser térmico, quando a temperatura se eleva ao ponto de ocorrer uma mudança brusca das características de um componente, tornando-o condutor.

 

Assim, nos documentos em inglês podemos encontrar io “thermal breakdown” para indicar que a rutpura é térmica.

 

Em semicondutores é comum encontrarmos o termo “inverse rupture” ou “reverse rupture” para designar na tensão de ruptura quando o componente, ou uma junção do componente, é polarizada no sentido inverso.

 

No caso específico dos capacitores o “breakdown” ocorre quando a tensão aplicada às armaduras faz com que o dielétrico que é um isolante em condições naturais, perca essa propriedade tornando-se condutor. Salta então uma faísca (spark)  entre as armaduras ou placas (plates) destruindo o componente.

 

Em relação ao termo “plate” para designar as placas dos capacitores, que também usamos em português, em inglês é possível encontrar também o termo “armature” (armadura) para designar essa parte do componente.

 

Um outro termo importante na literatura técnica, que aparece neste texto é “rises” (sobe).

 

O verto “to rise” (subir) tem seu oposto em “to fall” (cair) e é utilizado para designar subidas e quedas de grandezas elétricas, como a “subida de uma tensão” (voltage rise), o “tempo de queda de um sinal” (fall time), etc. Veja quen as terceiras pessoas do singular desses verbos são “rises” e “falls” (sobe e cai). Para a terceira pessoa do plural usamos “rise” e “fall”. Também é comum usar o verbo “drop” (cair) para indicar uma queda de tensão.

 

Assim, escrevemos:

“The voltage rises” mas “The voltages rise”.

ou ainda:

“We noted a current drop” ou “In this circuit all the currents drop...”

 

Levando tudo isso em conta, a tradução de nosso texto ficará:

“Tensão de Ruptura num Capacitor – Se a tensão entre as placas de um capacitor sobe, passando de um certo valor, a ruptura ocorre. O dielétrico se torna um condutor e o capacitor é danificado pela faísca produzida. A tensão máxima que pode ser aplicada a um capacitor sem causar a ruptura do dielétrico é chamada “tensão de ruptura” e é calculada como se segue:”

 

Conclusão:

O termo “voltage” é usado normalmente em inglês para designar tensão. No entanto, nas traduções técnicas do inglês para o português devemos sempre usar “tensão”.

 

Do mesmo modo, o termo “breakdown” deve ser traduzido por “ruptura” que é o mais utilizado em documentação técnica, evitando-se termos como “rompimento”, “quebra”, etc., que não são tão utilizados no meio técnico, se bem que tenham o mesmo significado.

 

Acrônimos:

Back EMF - Back electromotive force. (Também chamada counter EMF) – Força Eletromotriz Inversa ou Contra Força Eletromotriz

BV – Breakdown Voltage – Tensão de Ruptura

TDDB – Time Dependent Dielectric Breakdown – Ruptura do Dielétrico Dependendo do Tempo

LDV – Low Diferential Voltage – Baixa Tensão Diferencial

AVC – Automatic Voltage Control – Controle Automático de Tensão

AVR – Automatic Voltage Regulation – Regulagem Automática de Tensão

CCVS – Current Contolled Voltage Source – Fonte de Tensão Controlada por Corrente

CV – Control Voltage – Tensão de Controle

CVT – Current to Voltage Transformer – Transformador Corrente para Tensão

E – Electromotive force (cvoltage) – Força Eletromotriz

F/V (conveter) – Frequency to Voltage Converter – Conversor Freqüência para Tensão.

HV – High Voltage – Alta Tensão

HVP – High Voltage Protection – Proteção contra Alta tensão

LVP – Low Voltage Probe – Ponta de Baixa Tensão

MV – Medium Voltage – Tensão média

MWV – Maximum Working Voltage – Tensão Máxima de Trabalho

OCP – Open Circuit Voltage – Tensão com Circuito Aberto

SVP – Surge Voltage Protector – Protetor contra Tensão de Surto

UV – Under Voltage – Sub Tensão

Vin  - Voltage Input – Tensão de Entrada

Vout – Voltage Output – Tensão de Saída

WVDC – Working Voltage Direct Current – Tensão de Trabalho DC ou Contínua