Texto extraído do site INCB - www.newtoncbraga.com.br

Segunda Lei de Kirchhoff (M096)

A soma algébrica dos produtos das correntes pelas resistências respectivas num circuito fechado é igual à soma algébrica das f.e.m. no circuito.

Nota: Uma f.e.m. é considerada positiva se o sentido arbitrário tomado para o circuito coincide com o sentido da f.e.m. da fonte de corrente. Na figura 1 temos um exemplo de aplicação.

 

Fórmula 1

E1 + E2 + E3 + .... + En  = V1 + V2 + V3 + .... + Vn

 

Onde:

E1, E2, E3 ... Em são as f.e.m em volts (V)

V1, V2, V3...Vn são as quedas de tensão nos resistores R1, R2, R3...Rn em volts (V)

 

Fórmula derivada:

 

E1 + E2 + E3 +.... + Em = R1 x I + R2 x I + R3 x I + ..... + Rn X I


Onde:

R1, R2, R3 ... Rn  são as resistências dos resistores em ohms

E1, E2, E3... Em são as f.e.m. dos geradores em volts (V)

I é a intensidade da corrente no circuito em ampères (A)