Texto extraído do site INCB - www.newtoncbraga.com.br

Alarme de Água (MIN174)

Apresentamos um circuito que pode ser usado em sistemas de bombeamento de água para reservatório indicando quando se alcança um determinado nível.

O sensor consiste em um par de fios desencapados que devem ser posicionado na altura em que se deseja o acionamento do sistema e de modo a não serem tocados por nenhum objeto ou pessoas, já que trabalha com tensão diretamente da rede de energia.

Um cuidado importante na instalação é fazer com que o fio neutro ou terra vá ao catodo do circuito de modo a se obter maior segurança.

O circuito é extremamente sensível e aciona uma lâmpada (vermelha) alertando quando a água atinge um determinado nível. Evidentemente, em paralelo com a lâmpada pode ser ligado um relé‚ que fará o bloqueio da corrente que aciona a bomba de água ou mesmo acionará o solenóide de sua passagem.

Lâmpadas de 5 a 60 watts podem ser usadas e o sensor pode ficar tão longe do aparelho quanto seja necessário. Na figura 1 temos o diagrama completo do alarme, desenhado no caderno de notas do autor, Newton C. Braga.

 

Figura 1 - Diagrama do alarme de água.
Figura 1 - Diagrama do alarme de água.

 

Na figura 2 temos a disposição dos componentes que são soldados numa ponte de terminais, desenhada pelo autor.

 

Figura 2 - Montagem numa ponte de terminais.
Figura 2 - Montagem numa ponte de terminais.

 

O SCR deve ser TIC106B se a rede de energia for de 110 V e o TIC106D se a rede for de 220 V. Para lâmpadas maiores que 40 watts o SCR precisará ser dotado de um pequeno radiador de calor.

O diodo admite equivalentes como o 1N4007 e os resistores são todos de 1/8 W. A lâmpada deve ser instalada em soquete apropriado e o conjunto de componentes cabe facilmente numa pequena caixa plástica.

Todos os fios externos, principalmente de ligação ao sensor e lâmpada devem ser encapados.

Para provar o aparelho é só enfiar o sensor num copo contendo água. A lâmpada deve acender. Se a lâmpada permanecer constantemente acesa, verifique o SCR que pode estar com problemas. Confira também as ligações dos demais componentes do aparelho.

Comprovado o funcionamento é só fazer a instalação do sensor no reservatório que se deseja monitorar.

 

 

Semicondutores:

SCR - TIC106B (110 V) ou TIC106D (220 V) - Diodo controlado de silício

D1 - 1N4004 ou 1N4007 - diodo de silício

 

Resistores: (1/8 W, 5%)

R1 - 220 k Ω - vermelho, vermelho, amarelo

R2 - 10 k Ω - marrom, preto, laranja

 

Diversos:

X1 - lâmpada de 5 a 60 W para 110 V ou 220 V

X2 - Sensor - ver texto

 

Ponte de terminais, cabo de alimentação, material para o sensor, radiador para o SCR, soquete para a lâmpada, caixa para montagem, fios, solda, etc.