Texto extraído do site INCB - www.newtoncbraga.com.br

Alarme de Luz com SCR (MIN573)

O uso do SCR faz com que o alarme descrito tenha o efeito da trava, ou seja, permanece disparado mesmo depois que a luz deixe de incidir no sensor.

Para rearmar, o circuito deve ser desligado ou ligado por um momento ou ainda S1 pressionado por um instante.

O circuito para este alarme é dado na figura 1.

 

   Figura 1 – Alarme com SCR
Figura 1 – Alarme com SCR

 

Na figura 2 temos a montagem deste circuito numa ponte de terminais, sendo a carga de 12 V ligada diretamente em sua saída.

 

   Figura 2 – Montagem em ponte de terminais
Figura 2 – Montagem em ponte de terminais

 

Para cargas de corrente elevadas, até 3 A, o SCR deve ser montado em dissipador de calor.

O ajuste da sensibilidade é feito no potenciômetro e o LDR é do tipo redondo comum.

 

SCR – SCR1 – TIC106 – SCR com qualquer sufixo

LDR- LDR redondo comum

P1 – 100 k Ω – potenciômetro

S1 – Interruptor de pressão

 

Diversos:

Ponte de terminais, fonte de 12 V, fios, solda, etc.