Texto extraído do site INCB - www.newtoncbraga.com.br

“Flasher” para Lâmpada com Ciclo Ativo Programável (MIN513)

O circuito da figura 1 faz uma lâmpada incandescente piscar numa velocidade determinada pelo ajuste de P1.

 


 

 

O ciclo ativo, ou tempo que dura a piscada é determinado pelo resistor R2. Para piscadas muito curtas, o resistor pode ter valores entre 10 kΩ e 100 kΩ. Para piscadas mais longas seu valor estará entre 220 kΩ e 2,2 MΩ.

A frequência das piscadas é ajustada em P1.

O transistor de potência depende da lâmpada usada. Para lâmpadas até 1 A recomendamos usar um TIP 31 montado num bom radiador de calor.

Na figura 2 damos uma sugestão de placa de circuito impresso para implementar este sinalizador.

 


 

 

Uma aplicação interessante é em sistemas de sinalização automotivo, onde diversas lâmpadas de 200 mA podem ser ligadas em paralelo.

 

CI-1 – 4093 – circuito integrado CMOS

Q1 – TIP31 – transistor NPN de potência

D1, D2 – 1N4148 ou equivalentes – diodos de uso geral

R1 – 100 k Ω x 1/8 W – resistor – marrom, preto, amarelo

R2 – 100 k Ω a 2,2 M Ω x 1/8 W – resistor – ver texto – determina o ciclo ativo

R3 – 1 k Ω x 1/8 W – resistor – marrom, preto, vermelho

P1 – 2,2 M Ω – potenciômetro

C1 – 220 nF a 470 nF – capacitor cerâmico ou poliéster

C2 – 220 µF x 16 V – capacitor eletrolítico

X1 – 6 ou 12 V até 1 A – lâmpada incandescente

 

Diversos:

Placa de circuito impresso, radiador de calor para o transistor, caixa para montagem, fios, solda, etc.