Incrementando o Som do Carro (ART2798)

Este artigo é de 1977, consistindo num divisor de frequência para o (pobre) som da época cuja potência não se compara ao de hoje. No entanto, o circuito pode ser usado pelos que ainda possuem em sua bancada um som antigo alimentado por fonte.

Atualmente com o avanço da tecnologia experimentado pelos modernos aparelhos de som para automóveis, torna-se cada vez mais necessário um sistema de alto-falantes compatível com o que esses aparelhos podem fornecer.

Vamos aqui falar sobre algumas melhorias possíveis, que em muito irão aumentar a eficiência dos atuais sistemas de alto-falantes.

A maioria dos alto-falantes empregados nos automóveis é do tipo “FULLRANGE" (faixa ampla), que segundo os fabricantes respondem acusticamente a todas as frequências da faixa audível; porém isso não é bem verdade, pois, com os modernos toca-fitas cassete, com alcance de frequências até15 kHz, e os aparelhos dotados de frequência modulada de alcance até 10 kHz, estes alto-falantes tornam-se obsoletos e deixam muito a desejar.

Em geral o alcance de frequências desses alto--falantes varia de 60 Hz até 7 kHz; como vocês podem notar, em relação ao cassete e ao FM a perda nas frequências altas é muito grande, pois é praticamente impossível produzir-se um alto-falante só, para todas as frequências.

Visando melhorar essa deficiência mostramos um esquema para ligação (correta) de um ou mais tweeters.

 

Figura 1
Figura 1

 

 

Mas, o que é tweeter?

Um tweeter é um alto-falante de baixíssima compliância que responde acusticamente apenas a frequência altas,e serve para completar o que o alto-falante convencional não pode realizar.

A ligação correta de um tweeter possibilita um aproveitamento maior da faixa audível que esses aparelhos fornecem, minimizando as distorções e aumentando o brilho musical.

O esquema é simples e de fácil instalação, sem componentes caros ou difíceis de encontrar.

Os capacitores utilizados são eletrolíticos montados despolarizados, pois com esta configuração apresentam constantes de tempo bem menores que os eletrolíticos convencionais.

EXEMPLO: O capacitor de 10 uF, utiliza dois de 20 uF (ou 22 F) em série.

 

Figura 2
Figura 2

 

 

O de 2,5 uF utiiza dois de 5 uF em série.

 

Figura 3
Figura 3

 

 

A bobina utilizada (0.15 mH), foi confeccionada com fio esmaltado 22 AWG, tendo sido enroladas 44 espiras, em 3 camadas (total de 132 espiras), sobre uma válvula 6AQ5 comum.

Essa bobina tem por finalidade proporcionar um crossover correto para o funcionamento do tweeter (5.000 Hz); isto é, o tweeter somente passará a funcionar com frequências a partir de 5.000 Hz, ficando o outro alto-falante condicionado às frequências abaixo de 5000 Hz pois não é sensível às frequências mais altas.

O potenciômetro é de 30 ohms (de fio) serve para controlar o nível de sinal no tweeter.

Fornecemos também outro esquema, um pouco mais sofisticado, que com o acréscimo de mais um potenciômetro de fio e um capacitor de 2ouF (também despolarizado), proporciona um controle para frequências médias.

 

Figura 4
Figura 4

 

 

Quando este controle estiver fechado, haverá um corte em 3000 Hz que em nada influenciará os agudos e os graves do sistema. Quando o controle estiver aberto, o dispositivo funcionará com as mesmas características do primeiro por nós apresentado.

 

INSTALAÇÃO:

Aqui vão algumas “dicas" para uma instalação correta em seu carro:

Nunca use alto-falantes com suspensão acústica, pois estes alto-falantes só servem para serem montados em gabinetes hermeticamente fechados; pelo fato do seu carro não ser hermeticamente fechado o rendimento será muito menor, provocando uma baixa eficiência nas frequências graves (baixas)..

Utilize alto-falantes comuns (sem suspensão acústica), ligados em fase. A fase dos alto-falantes e muito importante, pois qualquer defasamento reduzirá o volume de ar deslocado, provocando um cancelamento muito forte nas frequências baixas, como também, uma sensação estranha na audição.

Ligue todos os positivos corretamente, inclusive o do aparelho; procure não utilizar a carroceria do veiculo como ponto de massa (-). Faça as ligações com fio polarizado; este fio é facilmente encontrado nas casas do ramo.

A maioria dos aparelhos para auto utilizam alto-falantes com impedância de 4 ohms.

Na instalação de mais que um alto-falante, cuide que a impedância refletida seja sempre 4 ohms , pois dai depende em grande parte o bom funcionamento do sistema.

Instale agora o tweeter; atente para que o mesmo fique o mais direcional possível; coloque o divisor de frequência no local desejado e ligue o tweeter no ponto correspondente.

Depois de feito isso ligue o aparelho e sinta. a diferença; você vai valorizar ainda mais o seu carango (e aposto que as menininhas também vão gostar);

 

 

 


Opinião

Novos tempos (OP213)

O mundo mudou. Depois da pandemia e também da guerra na Ucrânia o mundo será outro. Estamos presenciando e percebendo isso. Já não somos mais os mesmos.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia