DRV5056 Q1 Sensor Hall para uso automotivo (COMD065)

O componente que destacamos neste artigo é o sensor hall para uso automotivo DRV5056-Q1 da Texas Instruments, disponível na Mouser Electronics. Neste artigo, baseado no datasheet do componente, destacamos suas características e uso.

COMD013S

Link para o datasheet: https://www.ti.com/lit/ds/symlink/drv5056-q1.pdf?HQS=dis-mous-null-mousermode-dsf-pf-null-wwe&DCM=yes&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.mouser.com%2F&distId=26

Link para compra na Mouser: https://www.mouser.com/ProductDetail/Texas-Instruments/DRV5056A3ELPGMQ1

Na figura 1 temos um diagrama simplificado de uso deste componente, observando-se que ele precisa de apenas 3 linhas de conexão ao controlador.

 

Figura 1 – Aplicação típica
Figura 1 – Aplicação típica

 

O componente pode ser obtido em dois tipos de invólucros, mostrados na figura 2.

 

Figura 2 – Os invólucros
Figura 2 – Os invólucros

 

As funções dos pinos, assim como todas as informações necessárias a um projeto podem ser encontradas de forma detalhada no datasheet.

Mas, o destaque principal deste componente que pode ser importante para seu projeto é sua característica de linearidade, mostrada na figura 3. A tensão de saída é diretamente proporcional à intensidade do campo magnético.

 

Figura 3 – Resposta magnética
Figura 3 – Resposta magnética

 

O sensor DRV5056-Q1 pode ser obtido em versões com 4 sensibilidades magnéticas, conforme tabela abaixo.

 

 


 

 

 

As principais aplicações indicadas pelo fabricante com destaque as automotivas são:

- Pedais de embreagem, freio e acelerador

- Sensoriamento de posição

- Sensor de toque e mudança de engrenagens

- Componentes do trem de força e transmissão

- Sensoriamento de corrente

O diagrama de blocos funcionais é mostrado na figura 4.

 

Figura 4 – Diagrama de blocos funcionais
Figura 4 – Diagrama de blocos funcionais

 

 

A descrição detalhada da função de cada bloco pode ser encontrada no datasheet.

Uma informação importante para projeto e uso é a do posicionamento em que temos a direção de máxima sensibilidade dada. A figura 5 mostra esse posicionamento para os dois tipos de invólucros.

 

Figura 5 – Direção de máxima sensibilidade
Figura 5 – Direção de máxima sensibilidade

 

 

O datasheet da Texas Instruments mostra os posicionamentos correto e incorreto para o sensor, conforme a figura 6.

 

Figura 6 – Posicionamento
Figura 6 – Posicionamento

 

Enfim, no datasheet de 32 páginas, o projetista terá todos os elementos para utilizar corretamente esse sensor.

 

 


Opinião

Eventos e muito mais (OP212)

Nosso grande destaque deste mês é o nossa Jornada do Desenvolvimento, que ocorrerá em três etapas sendo a primeira a que foi realizada entre 9 e 13 de agosto. Ela foi uma preparação para as demais que devem ocorrer em setembro e outubro, com oficinas de desenvolvimento com o Edukit SigFox e a Franzininho, numa jornada com os próprios criadores.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia