Vox (ART1605)

Vox é o nome dado a um interruptor acionado por som. Podemos usá-lo em automatismos, alarmes e outras aplicações em que se exija um comando de voz. O circuito é simples e sensível.

Neste artigo descrevemos um interessante projeto de Vox que dispara um relé ao receber um som por um microfone sensível.

O circuito não possui trava e sua alimentação pode ser feita com tensões de 9 a 12 V, conforme o relé usado.

A cara máxima controlada dependerá apenas dos contactos do relé utilizado.

 

Como Funciona

Na etapa de entrada temos um microfone de eletreto excitando um transistor amplificador.

O transistor tem um controle de sensibilidade que consiste num potenciômetro ligado a sua base.

O sinal amplificado do transistor é levado a um amplificador operacional 741 cujo ganho depende de R6.

A saída do amplificador operacional é aplicada a um transistor através de um diodo.

O diodo é polarizado de tal forma que o transistor conduz na presença dos sinais, fechando os contatos do relé.

Um capacitor na base do transistor de acionamento proporciona uma certa suavidade de acionamento, evitando repiques ou acionamento do ruídos rápidos.

 

Montagem

Na figura 1 temos o diagrama completo do Vox.

 

Figura 1 – Diagrama do Vox
Figura 1 – Diagrama do Vox

 

Na figura 2 temos a montagem feita numa matriz de contatos.

 

Figura 2 – Montagem em matriz de contatos
Figura 2 – Montagem em matriz de contatos

 

Para uma montagem em placa de circuito impresso pode ser usado o padrão mostrado na figura 3 como referência.

 

Figura 3 – Placa de circuito impresso para a montagem
Figura 3 – Placa de circuito impresso para a montagem

 

A montagem prevê o uso de relés com base DIL, mas podem ser utilizados outros tipos de relés.

Na montagem, observe as posições do circuito integrado e dos transistores, assim como a polaridade de diodos e capacitores eletrolíticos.

Os resistores são de 1/8 W e os capacitores conforme indicado na lista de material.

O resistor R será necessário se for usado relé de 6 V e a alimentação for de 9 V.

Seu valor estará entre 10 e 22 ohms tipicamente. Também podem ser usados relés de 5 V com corrente até 100 mA.

Na figura 4 mostramos como ligar um LED para a realização dos testes de acionamento.

 

   Figura 4 – Acionando um LED
Figura 4 – Acionando um LED

 

Para testar, basta falar diante do microfone e ajustar o potenciômetro de ganho para que o relé acione com o som.

 

 

Se precisar de componentes originais e com o envio imediato, acesse mouser.com
.

CI-1 – 741 – circuito integrado

Q1 – BC548 – transistor NPN de uso geral

Q2 – BC558 – transistor PNP de uso geral

D1, D2 – 1N4148 – diodos de uso geral

K1 – Relé sensível de 6 a 12 V.

MIC – microfone de eletreto

P1 – 4,7 M ohms – potenciômetro

S1 – Interruptor simples

B1 – 9 a 12 V – bateria ou fonte

C1 – 100 nF – cerâmico ou poliéster

C2 – 47 uF x 12 V – eletrolítico

C3 – 100 uF x 12 V – eletrolítico

R1 – 4,7 j ohms x 1/8 W- resistor – amarelo, violeta, vermelho

R2, R3 – 1 M ohms x 1/8 W- resistores – marrom, preto, verde

R4 – 22 k ohms x 1/8 W – resistor – vermelho, vermelho, laranja

R5 – 10 k ohms x 1/8 W – resistor – marrom, preto, laranja

R6 – 4,7 M ohms x 1/8 W – resistor – amarelo, violeta, azul

R7 – 3,3 k ohms x 1/8 W – resistor – laranja, laranja, vermelho

R- ver texto

Diversos:

Placa de circuito impresso ou matriz de contato, suporte de pilhas, fonte ou conector de bateria, fios, solda, etc.

 

 


Localizador de Datasheets


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Entrando em dezembro (OP207)

Estamos nos aproximando do último mês desse ano de pandemia (2020), com esperanças para que a vacina chegue logo e possamos voltar à normalidade. Há muito a ser feito a partir de agora e, como temos informados aqueles que nos seguem, nunca paramos. De fato, nosso trabalho tem sido contínuo, com a produção constante de material para o nosso site, lives, livros, vídeos, podcasts e muito mais. Na verdade, a única mudança que tivemos em nossas atividades foi a suspensão dos eventos presenciais. Esperamos que no próximo ano eles voltem, talvez com algumas modificações, mas que possamos estar juntos daqueles que nos acompanham.

Leia mais...