Bargraph AC DC Com Um Integrado (ART2200)

Existem diversos circuitos integrados que proporcionam a indicação por melo de barra de LEDs que são usados em equipamentos de som comerciais e mesmo outros tipos de aparelhos e por isso podem ser encontrados no mercado de reposição com relativa facilidade. Uma série importante destes integrados é a formada pelos LB1403,1413,1423 e 1433 da Sanyo. Neste artigo, fornecemos as características técnicas destes Integrados com uma aplicação que pode servir de base para um VU de LEDs ultra-simples.

Obs. O artigo é de 1991. O circuito integrado usado não é mais comum no mercado.

Indicadores de nível de som (VU meters) com barra de LEDs, ou mesmo indicadores de sintonia ou tensão com barra de LEDs, são comuns em diversas aplicações, tais como: aparelhos de som comerciais, veículos, fontes de alimentação, etc.

Para elaborar projetos destes indicadores encontramos diversos integrados comerciais, alguns muito populares e outros de custos elevados.

Uma série de integrados interessante, apresentamos neste artigo e que consiste em 4 tipos da Sanyo que diferenciam pela sensibilidade de entrada, os níveis em que ocorrem as comutações pelos comparadores e a corrente constante que circula pelos LEDs indicadores.

Com base nas informações fornecida neste artigo e pela própria disponibilidade do integrado, o leitor estará apto a escolher sua versão que tem um diagrama no decorrer do próprio artigo.

O importante dos integrados desta série é que, precisamos de apenas 4 componentes externos, para ter um bargraph sensível a sinais de áudio ou tensões, capaz de excitar 5 LEDs podendo ser alimentado com apenas 6 volts.

Dentre os destaques que o fabricante apresenta para estes integrados temos:

- capacidade de excitação de 5 LEDs com correntes constantes.

- Operação tanto com tensões AC como DC de entrada já que os integrados possuem amplificadores retificadores internos.

- Os níveis de iluminação dos LEDs são estáveis, mantidos através de um sistema de regulagem interna, mesmo que a tensão de alimentação varie.

- As tensões recomendadas de alimentação podem ficar entre 3,5 e 6,0 V o que possibilita sua aplicação em equipamentos portáteis, alimentados por pilhas.

- O integrado é apresentado em invólucro de 9 pinos alinhados (SEP) o que facilita a elaboração do projeto da placa de circuito impresso.

As características para os integrados da série são:

 

a) LB1403:

Sensibilidade de entrada: 85 mv rms (tip)

Níveis do comparador: +6 dB, +3 dB, 0 dB, -5 dB, -10 dB

Corrente no LED: 15 mA (dc)

 

b) LB1413

Sensibilidade de entrada: 105 mV rms (tip)

Níveis do comparador: 1,67 VC3, 1,33 VC3, VC3, 0,67 VC3, 0,33 VC3

Corrente nos LEDs: 15 mA (tip)

VC3 é a tensão de referência dada pelo ajuste externo no pino 8

 

c) LB1423

Sensibilidade de entrada: 85 mV rms (tip)

Níveis do comparador: +1,67 dB, +3 dB, 0 dB, -5 dB, -10 dB

Corrente nosLEDs: 7 mA (tip)

 

d) LB1433

Sensibilidade de entrada: 105 mV rms (tip)

níveis do comparador: 1,67 VCS, 1 ,33 VC3, VC3, 0,67 VCS, 0,33 VC3

Ver nota acima sobre VC3 - tensão de ajuste no pino 8.

 

Máximos absolutos

Tensão máxima de alimentação (Vcc max): 18 V

Potência de dissipação 'máxima (Pd max): 1,1 W

Temperaturas de Operação: -25 a +60 °C

Condições de Operação

Tensão de alimentação: 6 V (tip)

Nas tabelas 1 e 2 damos as características individuais elétricas dos 4 integrados desta série.

 


 

 

 


 

 

 


 

 

 


 

 

 

MONTAGEM

O circuito sugerido pelo fabricante, para uma aplicação prática é mostrado na figura 1.

 

Figura 1 – Circuito de aplicaçãp
Figura 1 – Circuito de aplicaçãp

 

A placa de circuito impresso, para o projeto é mostrada na figura 2.

 

Figura 2 – Placa para a montagem
Figura 2 – Placa para a montagem

 

 

O capacitor C1, pode ter uma tensão de trabalho a partir de 6 , assim como C2.

P1 é o trimpot de ajuste e, R1 é um resistor de 1/8 W com 10% ou 20% de tolerância. Os LEDs são comuns e as cores são escolhidas em função da aplicação.

A alimentação é feita com 6 V e a corrente máxima deve ser prevista levando-se em conta o acendimento dos 5 LEDs mais aproximadamente 5 mA do próprio circuito.

 

AJUSTE E USO

O ajuste é feito aplicando-se um nível de sinal ou de tensão conhecido na entrada e atuando-se sobre o trimpot para que o LED correspondente seja o último aceso.

Para usar, leve-se em conta as limitações do circuito no que se refere a intensidade do sinal de entrada e também a tensão usada na alimentação.

 

CI-l LB1403, 1413, 1423, 1433 - ver texto

LED1 a LED5 - LEDs comuns

P1 – 10 k - trimpot

R1 – 10 k - resistor (marrom, preto, laranja)

C1 - 10 uF - capacitor eletrolítico

C2 - 2,2 uF - capacitor eletrolítico

Diversos: placa de circuito impresso, fios, solda, etc.

 


Opinião

Novos tempos (OP213)

O mundo mudou. Depois da pandemia e também da guerra na Ucrânia o mundo será outro. Estamos presenciando e percebendo isso. Já não somos mais os mesmos.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia