Gerador de Sinais VHF e FM (INS541)

Este simples oscilador serve para a comprovação de circuitos receptores de FM e VHF, assim como seu ajuste. O circuito é modulado por um tom de áudio servindo para aplicações menos críticas como oficinas de reparação.

O circuitos oscilador de RF para a faixa de FM e VHF que descrevemos usa apenas dois transistores podendo ser montado com facilidade mesmo pelos leitores iniciantes.

Com ele é possível encontrar problemas e fazer ajustes em rádios FM e receptores experimentais de VHF e de outros tipos, já que suas harmônicas podem ser captadas em frequências bem mais altas que as originais.

O circuito é alimentado por pilhas comuns ou bateria de 9 V e tem um consumo bastante baixo.

 

Como Funciona

A base do circuito é um oscilador de alta frequência com um transistor BF494.

Este circuito tem sua frequência ajustada por um trimmer ou por um pequeno capacitor variável.

A bobina determina a faixa de frequências que o circuito pode gerar, sendo que para o tipo indicado teremos algo entre 70 e 120 MHz.

O sinal deste oscilador é modulado por um tom de áudio gerado por um oscilador de relaxação com um transistor unijunção.

A frequência do oscilador de áudio é ajustada pelo potenciômetro P1, também dependendo do capacitor C1.

 

Montagem

Na figura 1 temos o diagrama completo do gerador de sinais.

 

   Figura 1- Diagrama do gerador de sinais
Figura 1- Diagrama do gerador de sinais | Clique na imagem para ampliar |

 

A placa de circuito impresso para sua montagem é mostrada na figura 2.

 

   Figura 2 – Placa para a montagem
Figura 2 – Placa para a montagem | Clique na imagem para ampliar |

 

Observe na figura as bobinas enlaçadas que possuem 3 e 4 espiras enroladas com fio rígido telefônico comum.

O trimmer mostrado na figura é do tipo antigo, mas podem ser usados tipos modernos ou mesmo um capacitor variável.

Os resistores são de1/8 W e os capacitores devem ser do tipo cerâmico.

Na figura 3 temos as bobinas para as diferentes faixas. A bobina 2 é igual para todas.

 

   Figura 3 – As bobinas
Figura 3 – As bobinas | Clique na imagem para ampliar |

 

 

Prova e Uso

Para testar, basta ligar o aparelho e aproximá-lo de um radio FM ligado numa frequência qualquer.

O sinal do oscilador deve ser captado.

Aproximando o aparelho de um televisor analógico num canal entre o 2 e o 5 teremos a produção de barras, conforme mostra a figura 4.

 

   Figura 4 – Padrão gerado num televisor
Figura 4 – Padrão gerado num televisor | Clique na imagem para ampliar |

 

 

Q1 – 2N2646 – transistor unijunção

Q2 – BF494 – transistor NPN de RF

L1 e L2 – ver texto – bobinas

CV – capacitor variável para FM

S1 – Interruptor simples

B1 – 6 ou 9 V – 4 pilhas ou bateria

P1 – 100 k ohms – potenciômetro

R1 e R4 – 10 k ohms x 1/8 W – resistores – marrom, preto, laranja

R2 – 470 ohms x 1/8 W – resistor – amarelo, violeta, marrom

R3 – 47 k ohms x 1/8 W – resistor – amarelo, violeta, laranja

R5 – 8k2 ohms x 1/8 W – cinza, vermelho, vermelho

R6 – 100 ohms x 1/8 W- resistor – marrom, preto, marrom

C1 – 47 nF – cerâmico ou poliéster

C2 – 10 nF – cerâmico

C3 – 4,7 nF – cerâmico

C4 – 100 nF – cerâmico

C5 – 4,7 pF – cerâmico

Diversos:

Placa de circuito impresso, conector de bateria ou suporte de pilhas, fios, solda, caixa para montagem, etc.

 


Opinião

Novos tempos (OP213)

O mundo mudou. Depois da pandemia e também da guerra na Ucrânia o mundo será outro. Estamos presenciando e percebendo isso. Já não somos mais os mesmos.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia