Levantando a Curva de um Diodo Zener - Método 1 (INS080)

 

A curva característica de um diodo zener pode ser levantada com facilidade utilizando-se poucos componentes. O material necessário é o seguinte:

a) Voltímetro ou multímetro (DC)

b) Fonte variável de 0 a 20 V

c) P1 - potenciômetro de 10 k ohms

d) R1 - Resistor de 3,3 k ohms x 1 W

O método descrito possibilita também a determinação da tensão zener de um diodo, desde que ela seja inferior a 15 V. Para diodos de tensões maiores precisaremos de uma fonte de tensão maior e aumentar o valor de P1 assim como R1. Variando a tensão gradualmente e anotando os valores, para colocação num gráfico, levantamos a curva característica do diodo em teste.

Procedimento

Na figura abaixo temos o circuito que deve ser montado para levantar a curva do diodo.

 

Inicialmente colocamos a fonte em 20 V se ela for fixa e ajustamos o potenciômetro para fornecer 0 V ao zener (Se a fonte for variável não precisaremos do potenciômetro, simplesmente ajustando sua saída em 0 V).

Gradualmente vamos atuando sobre o potenciômetro de modo a aumentar a tensão aplicada ou então ajustamos a saída na fonte se ela for variável. O voltímetro ou multímetro na escala de tensões irá indicando o aumento da tensão até o momento em que essa tensão se estabiliza e por mais que atuemos sobre P1 ou a fonte ela não aumenta.

Neste ponto teremos chegado à tensão zener do diodo. Não devemos ir muito além aumentando ainda mais a tensão no circuito, para não sobrecarregar os componentes com uma corrente excessiva.

 


 

 

Leia mais:

Segredos no uso do multímetro (INS019)

Testes dinâmicos de componentes (ART092)

Diodo zener (M058)

Zeners com diodos comuns (IP077)

 


Localizador de Datasheets


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Mudanças realizadas (OP206)

Nas últimas semanas nosso site e mesmo nossa empresa passaram por diversas modificações, atualizações e lançamentos. Assim, muitos podem ter percebidos alguns problemas de instabilidade do site em certos momentos nas semanas passadas.

Leia mais...