NOSSAS REDES SOCIAIS -

Pilhas de moedas (MIN042)

Como gerar energia elétrica a partir de duas moedas comuns? Se o leitor acha que isso é impossível é porque não conhece este projeto, ideal para demonstrações em feiras de ciências, aulas ou para ser apresentado como trabalho escolar.

Com pouco material é possível realizar um experimento que mostra como as reações químicas liberam energia na forma de eletricidade e isso de uma forma totalmente inofensiva.

O que fazemos é colocar entre duas moedas de tipos e metais diferentes, um pedaço de tecido ou papel poroso molhado em água e sal.

A reação que ocorre libera energia elétrica suficiente para movimentar o ponteiro de um instrumento indicador.

Conforme as moedas usadas, podemos ter graus diferentes de deflexão do ponteiro do instrumento, indicando que diferentes tensões estão sendo geradas com uma liberação maior ou menor de energia.

Na figura 1 temos o diagrama do aparelho usado nesta experiência.

 

Diagrama do projeto.
Diagrama do projeto.

 

A disposição real dos componentes é mostrada na figura 2.

 

Olhando a montagem pronta.
Olhando a montagem pronta.

 

O resistor R1 é opcional, servindo apenas para evitar uma corrente excessiva no instrumento indicador. As moedas podem ser de qualquer tipo, sendo que uma antiga de 2 000 réis de prata com uma de alumínio de 1 cruzeiro da década de 60, são as que melhores resultados proporcionam chegando a "gerar" tensões de mais de 1 volt.

Obs.: as moedas de 2000 réis antigas são mais comuns do que se pensam, fazendo parte da coleção mesmo das mais simples, já que podem ser obtidas com facilidade em casas de numismática.

Para realizar a experiência dissolva uma colher de sal num copo com água até a metade. Depois molhe uma folha de papel poroso (um guardanapo de papel, por exemplo) ou tecido nessa solução e coloque-a entre duas moedas.

Encoste então os fios nestas moedas. Se a agulha do instrumento se movimentar para o lado contrário do esperado, inverta os fios de ligação.

Quanto maior a deflexão, mais energia estará sendo produzida. Com o tempo a energia "diminui", caso em que devemos trocar o papel molhado por outro "novo" molhado na mesma solução.

Quando terminar a experiência, limpe bem as moedas, pois elas podem sofrer uma "corrosão".

 

X1 - Pilha de moedas - ver texto

R1 - 1 k ? - resistor - marrom, preto, vermelho

M1 - Microamperímetro comum de 0-100 uA ou próximo disso, ou ainda um multímetro comum

Diversos:

Papel poroso ou tecido, água e sal, copo, fios, moedas, etc.

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Em busca de novos tempos

Em nossos últimos artigos, participações em lives, podcasts e vídeos temos ressaltado que estamos rapidamente caminhando para uma mudança de hábitos. São os novos tempos que estão chegando e que, em vista da pandemia estamos buscando para que sejam melhores e que nos tragam esperanças, paz e novos graus de compreensão, principalmente em nível mundial.

Leia mais...

Trabalho
O trabalho é a melhor e a pior das coisas: a melhor se é livre; a pior se é escravo. (Le travail est La meilleure et la pire dês choses; La meilleur sil est libre; la pire sil est serf.)
Alain (1868 - 1931) - Considerações Sobre a Felicidade - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)