Metralhadora (MIN255)

Este circuito produz o som de disparo de uma metralhadora, com menor intensidade é claro, e sem disparar qualquer tipo de projétil. Uma sugestão é utilizar o circuito em efeitos sonoros para gravações, peças teatrais ou demonstrações.

O circuito é alimentado por pilhas e o trimpot P1 serve para ajustar a velocidade dos disparos de modo a se obter maior realismo possível. Para maior intensidade sonora será interessante usar um alto-falante de bom rendimento. Na figura 1 temos o diagrama completo do aparelho.

 

Figura 1- Diagrama da metralhadora de brinquedo
Figura 1- Diagrama da metralhadora de brinquedo

 

Na figura 2 damos a disposição dos componentes numa ponte de terminais.

 

Figura 2 - Montagem numa ponte de terminais
Figura 2 - Montagem numa ponte de terminais

 

Os transistores admitem equivalentes e para maior intensidade de som pode ser usada bateria de 9 V, mas sua durabilidade não será grande, dado o consumo do aparelho.

Na figura 3 temos uma sugestão de instalação numa metralhadora de brinquedo.

 

Figura 3 - Montando uma metralhadora de brinquedo
Figura 3 - Montando uma metralhadora de brinquedo

 

Uma possibilidade interessante consiste em se usar o circuito para efeitos de maior intensidade ligando sua saída à entrada de um amplificador. Isso pode ser feito conforme mostra a figura 4.

 

Figura 4 - Usando um amplificador externo
Figura 4 - Usando um amplificador externo

 

Neste circuito o transformador é do tipo de saída encontrado em antigos rádios transistorizados.

 

Q1 - BC548 - transistor NPN de uso geral

Q2 - BC558 - transistor PNP de uso geral

FTE- 4 ou 8 Ω - alto-falante

B1 - 6 a 9 V - pilhas ou bateria

P1 - 100 k Ω - trimpot

R1 - 100k Ω x 1/8 W- resistor - marrom, preto, amarelo

R2- 1 k Ω x 1/8 W- resistor - marrom, preto, vermelho

C1 - 470 nF - capacitor cerâmico ou poliéster

S1 - interruptor de pressão NA

Diversos: ponte de terminais, suporte de pilhas ou conector de bateria, fios, solda, etc.


Opinião

Olhando para o futuro

Já estamos aprendendo a viver com a pandemia e nos preparando para os tempos em que tudo voltará ao normal, mas não o normal a que estávamos acostumados. Um novo normal, com novos hábitos, a tecnologia aplicada talvez de uma forma diferente, novas profissões e principalmente tecnologias específicas que antes não haviam sido pensadas.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia