Amplificador Valvulado Velha Guarda de 15 W (ART3247)

Este é um circuito valvulado que, apresenta excelente fidelidade. No entanto, como se trata de projeto com componentes não mais usados a não ser em reposição, o leitor deve antes verificar a disponibilidade das válvulas e dos capacitores. Já, os transformadores de saída e de alimentação, são mais difíceis de obter, devendo em alguns casos o leitor mandar enrola-los.

Se o leitor tiver sorte, pode encontrar em alguma oficina de reparação ou em sucata um velho amplificador que tenha as válvulas EL84 na saída e neste caso o aproveitamento do transformador, se tiver bom, pode ser feito. Prove a continuidade dos enrolamentos para isso e veja se não existem curtos entre esses enrolamentos.

O toque moderno que este amplificador tem é apenas na fonte de alimentação, que substitui as antigas válvulas retificadoras de onda completa como a 6X4 por modernos diodos de silício que custam menos de 1/10 do preço.

As características deste amplificador são:

Faixa de frequências: 10 a 12 000 Hz

Distorção a 15W: menor que 1%

Potência de saída: 15 W

Tensão de alimentação: 110/22OV

Observamos ainda que o transformador de saída deve ser do tipo ultra-linear com uma indutância de primário de 40 H em 10 x 60 Hz.

Normalmente neste tipo de circuito, o secundário do transformador de saída é dotado de tomadas que permitem a ligação de alto-falantes de diversas impedâncias.

 

FUNCIONAMENTO

O sinal de áudio é levado a um duplo triodo 12AX7 que tem dupla função.

Metade desta válvula é usada na pré-amplificação do sinal, enquanto que a outra metade faz a inversão de fase. Temos então sinais com fases opostas que são levados via C2 e via C3 diretamente às grades de controle dos pentodos de potência do tipo EL84.

A grade supressora é mantida num potencial elevado, graças a alimentação do +B de uma tomada do transformador.

A polarização das grades de controle das EL84 em push-pull é dada pelos resistores R6 e R7. Veja então que cada válvula, amplifica metade do ciclo do sinal, que então se reúnem no primário do transformador para resultar no sinal completo no secundário.

O resistor Rio em conjunto com C4 polarizam os catodos da válvula em conjunto.

 

MONTAGEM

Começamos por fornecer aos leitores o diagrama esquemático da fonte de alimentação na figura 1.

 

Amplificador Valvulado Velha Guarda de 15 W
Amplificador Valvulado Velha Guarda de 15 W

 

 

O diagrama de um canal do amplificador é mostrado na figura 2.

 

Amplificador Valvulado Velha Guarda de 15 W
Amplificador Valvulado Velha Guarda de 15 W

 

 

Este tipo de aparelho deve ser montado em chassis de alumínio. Um layout para a disposição dos componentes é fornecido na figura 3.

 

Amplificador Valvulado Velha Guarda de 15 W
Amplificador Valvulado Velha Guarda de 15 W

 

 

Veja que são usados soquetes fixados no chassi para as válvulas, e também, capacitores eletrolíticos de filtragem do tipo de rosquear no chassi, onde seu invólucro de alumínio, ao fazer contato com o chassi, já é o polo negativo do componente.

As válvulas trabalham bem quentes e isso é normal, mas deve ser prevista uma boa ventilação para o aparelho que, desta forma, não deve ser instalado em caixa hermética.

Os resistores são de ½ W salvo indicação diferente, e os capacitores eletrolíticos devem ter as tensões indicadas na lista. Os demais capacitores são de poliéster com tensão de trabalho de 250V ou mais.

Ligações curtas ou com fios blindados são importantes para entrada de sinal.

 

UTILIZAÇÃO

Ligue o aparelho e espere pelo menos 30 segundos para que as válvulas aqueçam. Aplique um sinal na entrada e verifique se ocorre sua reprodução num alto-falante ligado à saída.

Comprado o funcionamento é só usar o aparelho em conjunto com um bom pré-amplificador. Mesmo operando com altas tensões, desde que tenha fonte independente, pode ser usado um pré-amplificador transistorizado.

 

 

AMPLIFICADOR

VÁLVULAS

V1 - 12AX7 < duplo triodo

V2, V3 - EL84 - pentodos de potência

 

RESISTORES

R1 – 22 k (vermelho, vermelho, laranja)

R2 - 1M2 (marrom, vermelho, verde)

R3 – 68 k (azul, cinza, laranja)

R4, R5, R6 e R7 – 100 k (marrom, preto, amarelo)

R8 e R9 – 1 k (marrom, preto, vermelho)

R10 - 150 ohms x10 W – fio

 

CAPACITORES

C1 - 220 nF poliéster

C2, C3 e C5 - 100 nF poliéster

C4 - 100 uF x 25V eletrolítico

 

DIVERSOS

TS - Transformador push-pull para válvula EL84 – 15 W

Chassi de metal, soquetes de válvulas, pontes de terminais, fios, etc.

 

FONTE

SEMICONDUTORES

D1 e D2 -1N4007 – diodos de silício

 

RESISTORES

R1 -100 ohms x 10 W - fio

R2-1 k x 5 W- fio

 

CAPACITORES

C1 - 32 uF x 450 V eletrolítico

C2 - 32 uF x 450 V eletrolítico

C3 - 80 uF x 450 V eletrolítico

 

DIVERSOS

T1 - Transformador de força com primário conforme rede e secundário de 250 + 250 V x 50 mA e 6,3 V x 5 A

Chassi de metal, cabo de alimentação, suporte de fusível, etc.

Obs: C1 e C2 podem ser um único capacitor duplo de 32+32 uF x 45oV. Os valores destes filtros não são críticos, podendo ser usados valores até 50% maiores conforme disponibilidade do fornecedor.

 

 


Opinião

Novos tempos (OP213)

O mundo mudou. Depois da pandemia e também da guerra na Ucrânia o mundo será outro. Estamos presenciando e percebendo isso. Já não somos mais os mesmos.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia