Coluna Tec - 11 a 15 de maio (TC005)

 

Projetos

Mais sobre Camera no Raspberry Pi com a biblioteca LibCamera

 


 

 

Por mais que o projeto Raspberry Pi seja aberto ainda há na instalação dos seus produtos, principalmente se você utilizar hardwares adicionais, componentes proprietários. Existe um enorme esforço para ir diminuindo a dependência pouco a pouco. O esforço mais recente é o lançamento da biblioteca para captura de imagens chamada LibCamera.

No Linux, grande parte das aplicações interagem com dispositivos de câmera por meio da V4L2 ou APIs semelhantes. Porém essas interfaces foram projetadas há muito tempo e ficaram obsoletas para a maioria dos recursos atuais. Quem precisasse produzir aplicações mais sofisticadas teria que partir para a escrita de uma API, o que é extremamente trabalhoso, ou utilizar uma API proprietária.

O site da biblioteca é https://libcamera.org/ 

 

Monitor de Batimentos Cardíacos com Bluetooth

 


 

 

Esse simples projeto monitora os sinais vitais do paciente, como batimentos cardíacos e oxigenação do sangue, e fornece ao médico a consulta desses sinais em tempo real via BLE (bluetooth low energy) ou Wifi. Em tempos de COVID-19 é um projeto interessante, simples e barato se comparado as soluções existentes no mercado.

Ele faz uso da IDE da Particle.io  e possui um conceito interessante. Toda a parte de desenvolvimento é bem parecida com Arduino e, como um bônus, possui excelentes bibliotecas e recursos que abstraem a parte de hardware para o usuário final. É uma excelente forma de começar no mundo do IoT. Mais informações sobre o Particle e os seus produtos você encontra neste site ( https://docs.particle.io/ ).

 

Utilizando uma Raspberry Pi Zero para ampliar o sinal de wifi

 


| Clique na imagem para ampliar |

 

Um dos grandes problemas atuais do WiFi é conseguir captar o sinal em lugares remotos longe da fonte original de WiFi de casa. Esse projeto utiliza uma Raspberry Pi Zero para oferecer uma extensão do sinal de forma barata. Originalmente a menos de 10 dólares. Lembre-se que lá fora uma Raspberry PI zero sai a 5 dólares!

O projeto completo pode ser visto nesse link . Ele utiliza uma modificação de código para transformar o adaptador wifi da Rasperry pi Zero em um access point com um hardware barato e muito melhor muitos access points atuais.

A comunidade confeccionou até um Case 3D ( https://hackaday.com/2018/03/02/printed-it-custom-enclosure-generator/  )para que você possa tornar o projeto mais profissional e completo!

 

Tecnologia e Cultura

Investir em Realidade Aumentada ou Realidade Virtual?

Realidade Aumentada (RA) sobrepõe mídias ao mundo real de forma que o usuário interaja com o ambiente. Hoje em dia as aplicações de RA estão nos mais diversos aplicativos como snapchat, pokemon GO, google maps etc.

Realidade Virtual (RV), em contrapartida é completamente isolada da realidade. A RV cria a ilusão de que a imagem possui profundidade por meio de sobreposição de 2 ou mais imagens. O google glass e o microsoft hololens são exemplos de RV.

Tanto um ramo quanto outro cresce de forma exponencial em vários campos da industria. Há aplicações desde jogos, possibilidades de cirurgias remotas, educação e até marketing! O mercado é amplo e com as crescentes melhorias de hardware do smartphone é possível criar interações tanto em RV quanto em RA onde a experiência do usuário seja cada vez mais satisfatória.

 


 

 

 Na imagem acima uma campanha do McDonalds na Suécia onde a caixinha do McLanche Feliz vira um google glass!

Com o avanço de tecnologias, o aumento da velocidade da internet com o 5G, melhorias de hardware e software aliados a um bom desenho de aplicações teremos num futuro próximo experiencias no mundo virtual mais sofisticadas. Em tempos de pandemia essa parece uma opção que virá forte para ficar!

 

Os video-games podem melhorar as funções do cérebro?

Embora esse seja um assunto controverso, o fato da maioria das pessoas estarem obrigadas a ficar em casa por um grande periodo de tempo leva algumas delas a buscarem alternativas de lazer. O video game é uma dessas alternativas.

O artigo aborda alguns tipos de dependências como jogar video game excessivamente. Ao falar sobre esse viés, o autor diz que não há nenhum tratamento específico no mercado que trata esse tipo de dependência de forma efetiva.

Ainda sim, os video games podem ajudar na melhora da função cognitiva do cérebro. Crianças que jogam video game desenvolvem melhores habilidades cognitivas e de aprendizado. Em adição a esse item existem jogos desenhados para curar certos tipos de transtornos como TDAH (transtorno de defict de atenção e hiperatividade) esperando apenas aprovação das autoridades como o FDA (similar a ANVISA aqui no Brasil.).

Fonte: https://www.electronicsforu.com/technology-trends/tech-focus/can-video-games-improve-brain-functioning 

 

 


Opinião

Novos tempos (OP213)

O mundo mudou. Depois da pandemia e também da guerra na Ucrânia o mundo será outro. Estamos presenciando e percebendo isso. Já não somos mais os mesmos.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia