Alerta de Ré (ART2068)

Um equipamento obrigatório em veículos é o alerta sonoro de ré, um aviso sonoro que entra em ação quando colocamos a marcha-a-ré. Neste artigo damos um projeto simples para este equipamento que pode ser facilmente adaptado nos veículos que não o possuam como original de fábrica.

Descrevemos neste artigo um simples alerta de ré que usa apenas um circuito integrado de baixo custo e aciona um buzzer com boa intensidade sonora.

O circuito é facilmente adaptado a qualquer carro e o transdutor é resistente a ação do tempo o que é muito importante numa aplicação automotiva.

O tom emitido é algo agradável e tanto sua freqüência como intermitência podem ser modificadas. O consumo da unidade é extremamente baixo, da ordem de 5 mA o que significa que não há gasto adicional da energia suprida pela bateria ao sistema de luzes de ré que normalmente também são acionadas.

 

CARACTERÍSTICAS

  • Tensão de alimentação: 12 V
  • Corrente drenada: 5 mA (tip)

 

 

COMO FUNCIONA

Quando as luzes de ré são acionadas, o circuito é alimentado e o oscilador formado por CI-1A entra em ação. Este oscilador é lento, e sua freqüência é dada por R1 e Cl. Ele determinará a cadência dos bips que serão produzidos pelo transdutor.

Este oscilador controla uma segunda porta que opera como oscilador de áudio e cuja freqüência depende tanto do ajuste de P1 como do valor de C2.

Este trimpot deve ser ajustado para freqüência de maior rendimento do buzzer usado, em torno de 4 kHz para os comuns.

O sinal de áudio intermitente é aplicado às outras duas portas do mesmo integrado que funcionam como amplificadores "buffers" digitais excitando então diretamente o pequeno transdutor piezoelétrico cerâmico.

Neste transdutor de bom rendimento, bastante compacto e que pode ser facilmente preso em qualquer parte do carro na sua traseira temos a reprodução do sinal de áudio.

 

 

MONTAGEM

Na figura 1 temos o diagrama completo do aparelho.

 

   Figura 1 – Diagrama do alerta de ré
Figura 1 – Diagrama do alerta de ré

 

Na figura 2 temos a disposição dos componentes numa placa de circuito impresso.

 

   Figura 2 – Placa para a montagem
Figura 2 – Placa para a montagem

 

Para o circuito integrado sugerimos a utilização de um soquete DIL de 14 pinos. Os resistores são de 1/8 W e os eletrolíticos são para 16 V ou mais de tensão de trabalho.

O conjunto pode ser instalado numa pequena caixa plástica e esta ficará junto a instalação das A luzes de ré.

 

PROVA E USO

Na figura 3 temos o modo de se fazer a ligação do aparelho a instalação do carro.

 

   Figura 3 – Instalação do Alerta de Ré
Figura 3 – Instalação do Alerta de Ré

 

O ponto de zero volt pode ser feito por meio de parafuso em qualquer lugar do chassi. A O ponto A é ligado junto ao ponto em que temos o acionamento das luzes de ré.

Uma vez feita a instalação acione o sistema de luzes de ré e ajuste o trimpot para obter o tom mais forte.

Se quiser modificar a intermitência altere o valor de C1 que pode ficar entre 220 nF (mais rápido) até 2,2 uF (mais lento).

 

Se precisar de componentes originais e com o envio imediato, acesse mouser.com
.

Semicondutores:

CI-1 - 4093 - circuito integrado CMOS

 

Resistores: (1/8 W, 5%)

R1 - 2,2 M ohms

R2 -10 k ohms

P1 - 100 ~k ohms - trimpot

 

Capacitores:

C1 - 0,47 HF - eletrolítico

C2 - 47 nF - cerâmico ou poliéster

C3 - 10 uF - eletrolítico

 

Diversos:

BZ - Transdutor Piezoelétrico de qualquer tipo, placa de circuito impresso, caixa para montagem, suporte para o integrado, fios, solda, etc.

 

 


Localizador de Datasheets


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Entrando em dezembro (OP207)

Estamos nos aproximando do último mês desse ano de pandemia (2020), com esperanças para que a vacina chegue logo e possamos voltar à normalidade. Há muito a ser feito a partir de agora e, como temos informados aqueles que nos seguem, nunca paramos. De fato, nosso trabalho tem sido contínuo, com a produção constante de material para o nosso site, lives, livros, vídeos, podcasts e muito mais. Na verdade, a única mudança que tivemos em nossas atividades foi a suspensão dos eventos presenciais. Esperamos que no próximo ano eles voltem, talvez com algumas modificações, mas que possamos estar juntos daqueles que nos acompanham.

Leia mais...