LT5581 - Detector de Potência RMS Para 6 GHz - Linear (CIR100)

O artigo abaixo foi preparado com base em documentação da Linear de 2008. Sugerimos que os interessados na utilização do LT5581 consultem o distribuidor da Linear em nosso país, para verificar antes a disponibilidade do componente no mercado.

Recentemente, a Linear Technology (www.linear.com) lançou o LT5581, o qual consiste num circuito integrado de detector de potência RMS para 6 GHz, com uma faixa dinâmica de 40 dB. O dispositivo utiliza uma técnica proprietária para medir potência de RF numa faixa de -34 dBm a +6 dBm em 2,1 GHz de sinais modulados, com um fator de crista tão alto como 12 dB. Na figura 1 temos uma aplicação típica deste circuito integrado.

 Aplicação do LT5581 em medida de potência entre 10 MHz a 60 GHz.
Aplicação do LT5581 em medida de potência entre 10 MHz a 60 GHz.

 

A saída do dispositivo é uma tensão contínua numa escala proporcional à potência do sinal de entrada em dBm.O LT558 é apropriado para medidas de precisão e controle numa ampla variedade padrões como o GSM/DGE, CDMA, CDMA2000, W-CDMA, TD-CDMA, UMTS, LTE e WIMAX. A saída final é ligada em série com um resistor de 300 ? on-chip que possibilita uma filtragem do ripple da modulação com apenas um capacitor adicional.

Outras características de destaque deste novo componente são sua tensão de alimentação até 5 V, sua baixa corrente de consumo, apenas 1,4 mA em 3,3 V e o tempo de resposta muito rápido de 1 us de subida e 8 us de caida. Na figura 2 temos o seu diagrama de blocos.

 

Diagrama de blocos do LT5581 da Linear.
Diagrama de blocos do LT5581 da Linear.

 

Os leitores interessados em mais informações sobre este componente, incluindo um circuito prático de aplicação podem baixa o data sheet completo diretamente do site da Linear Technology.

 

Datasheet do LT5581

 

Entre em contato com o distribuidor deste componente


Localizador de Datasheets


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Chegou 2021 (OP028)

Sim, 2021 chegou e com ele o futuro. As coisas não mais serão como antes e durante todo o ano da pandemia estivemos nos preparando para isso. Analisando as tendências do futuro, o que abordamos em interessante artigo que se encontra no site assim como teremos a versão em vídeo, percebemos que o mundo da tecnologia talvez seja um dos mais afetados pelas mudanças.

Leia mais...