NOSSAS REDES SOCIAIS -

Erros comuns nas montagens (ART029)

 

Muitas vezes depois de montar um circuito, o leitor tem a desagradável surpresa de não vê-lo funcionar. Mesmo depois de conferir a montagem, ele não encontra nada de errado. No entanto, existem muitos erros comuns que comprometem uma montagem. Alguns destes erros são descritos a seguir.


1)O diodo D1 está invertido na montagem. Observe a posição da faixa que indica o catodo, mostrada no desenho original (diagrama) e como o montador fez quando realizou a montagem – figura 1



Figura 1 – Diodo Invertido

2)Inversão de transistores de potência ou SCRs. Na figura 2 mostramos o caso em que a posição de um destes componentes é invertida. Observe que no original, o componente tem a parte de metal para baixo e o montador fez ao contrário. Com isso o aparelho não vai funcionar.



Figura 2 – Transistor montado invertido.

3)Inversão de posição de transistores de pequena potência (SOT-54 e semelhantes). O lado achatado do componente deve ser observado no desenho da montagem. Se o transistor ficar com o lado chato para baixo quando o desenho indica o lado chato para cima, o aparelho não vai funcionar. Veja isso na figura 3.



Figura 3 – Transistor de baixa potência invertido.



4)Troca de transistores. Um transistor de tipo diferente é colocado em lugar do tipo original. A confusão pode ocorrer quando as aparências dos componentes são iguais, como ocorre no caso dos BC548 e BC558, por exemplo. Eles são diferentes e a troca impedirá que o aparelho funcione.



Figura 4 – Troca de tipos. BC548 e BC558 são diferentes!

5)Conexão ligada em lugar errado. Um fio soldado num ponto errado de uma placa ou ponte de terminais, pode comprometer uma montagem. Veja no exemplo da figura 5.



Figura 5 – Fio soldado em lugar errado.



6)Ligação errada de componente. Observe na figura 6 que enquanto que o resistor no desenho original é ligado no terminal do meio (base), na montagem feita , o resistor foi ligado no terminal de emissor (da direita). Este tipo de erro compromete o funcionamento do aparelho.



Figura 6 – Ligação errada de componente.

7)Este problema é muito comum nas montagens em ponte, que são montagens mais elementares, onde podem ocorrer curto-circuitos entre terminais de componentes. Veja que os terminais dos resistores na figura devem ficar separados. Se um encostar no outro pode ocorrer um curto-circuito, comprometendo o funcionamento do aparellho;



Figura 7 – Terminais de componentes encostando um no outro.



Conclusão
Em qualquer tipo de montagem eletrônica, deve-se prestar muita atenção com as posições e ligações dos componentes. O que vimos é válido para as montagens em pontes de terminais, mas o mesmo também se aplica a qualquer outro tipo de montagem. Em placa de circuito impresso, matriz de contato, etc., o leitor deve estar sempre atento aos mínimos detalhes do projeto.

Artigos Relacionados

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Em busca de novos tempos

Em nossos últimos artigos, participações em lives, podcasts e vídeos temos ressaltado que estamos rapidamente caminhando para uma mudança de hábitos. São os novos tempos que estão chegando e que, em vista da pandemia estamos buscando para que sejam melhores e que nos tragam esperanças, paz e novos graus de compreensão, principalmente em nível mundial.

Leia mais...

Amor
Amor eterno é o que dura enquanto existe. (Amor eterno es el que dura mientras existe.)
Sofocleto - Silogismos - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)