NOSSAS REDES SOCIAIS -

Liga Desliga Por toque (ART2039)

Este simples circuito pode servir de base para dispositivos de automatização tanto em escala doméstica como industrial. Com um toque num interruptor ligamos o relé e com outro toque desligamos.

O relé pode ser substituído por outros dispositivos de acionamento e S1 por reed-Switches ou outros sensores.

Descrevemos um simples automatismo por toques curtos que liga num primeiro toque e desliga num segundo e que aciona um relé para controle de cargas externas.

O circuito pode facilmente ser modificado para outros tipos de acionamento quer seja a partir de sensores, quer seja ativando outros tipos descargas.

No sistema básico a ação é biestável, a alimentação pode ser feita com 6 ou 12 V conforme o relé e o consumo na condição de repouso é extremamente baixo, da ordem de 1 mA ou menos.

Apenas metade do 4017 foi usada nesta aplicação, o que quer dizer que a outra metade pode ser usada para um controle de equivalente de outro relé ou carga.

 

CARACTERÍSTICAS

Tensão de alimentação: 6 ou 12 V

Consumo em repouso: 1 mA

Carga máxima: 2 A (conforme os relés usados)

Corrente no sensor: inferior a 1 mA.

 

O circuito integrado 4013 consta de dois flip-flops que podem ser usados de modo independente, conforme mostra a figura 1.

 

Figura 1 – O 4013 -
Figura 1 – O 4013 -

 

 

No nosso caso temos em uso o flip-flop com saída no pino 1 e entrada no pino 3.

O pino do Reset é ligado a uma rede RC que garante que ao se ligar a alimentação a saída se mantenha no nível zero.

Isso é conseguido porque, ao se estabelecer a alimentação o pino 4 vai ao nível alto até que C2 se carregue, quando então predomina a ação do resistor, mantendo o pino no nível baixo.

Para mudar de estado é preciso pressionar S1, o que faz com que tenhamos por um instante nível alto na entrada.

Se o resistor usado para R2 tiver um valor suficientemente elevado (2,2 M ohms ou mais), podemos usar em lugar de S1 um sensor para toque resistivo.

O toque dos dedos leva então a entrada ao nível alto por um instante fazendo com que o circuito mude de estado.

O sinal de saída excita diretamente um transistor que ao ser saturado energiza a bobina do relé.

O relé tem por finalidade controlar a carga externa. Com o uso de um transistor de potência podemos controlar diretamente cargas de corrente contínua até 500 mA na tensão de 6 ou 12 V.

Para disparar um SCR temos o circuito da figura 2.

 

   Figura 2 – Circuito de disparo do SCR
Figura 2 – Circuito de disparo do SCR

 

Observe neste circuito a necessidade de termos um terra comum para o sensor de alta tensão e a alimentação de baixa tensão.

Na figura 3 temos o diagrama completo do circuito básico.

 

Figura 3 – Diagrama do circuito básico
Figura 3 – Diagrama do circuito básico

 

A disposição dos componentes numa placa de circuito impresso é mostrada na figura 4.

 

 Figura 4 – Placa para a montagem
Figura 4 – Placa para a montagem

 

O circuito integrado e o relé podem ser montados em soquetes DIL de 14 a 16 pinos respectivamente.

Para provar basta dar um toque em S1. O relé deve fechar seus contatos.

Com um novo toque em S1 o relé deve abrir seus contatos.

A carga controlada deve ser ligada aos contatos do relé e sua capacidade de corrente deve ser respeitada.

Se usar o sensor de toque não empregue de modo algum fonte de alimentação sem transformador.

 

 

Semicondutores:

Cl-1 - 4013

Q1 - BC548 ou equivalente

D1 - 1 N4148 ou equivalente

 

Resistores: (1/8 W, 5%)

R1, R4 - 2,2 k ohms

R2 - 100 k ohms

R3 - 100 k ohms

 

Capacitores: (eletrolíticos 6 ou 12 V ou mais)

C1 - 22 nF - cerâmico ou poliéster

C2 - 1 uF - eletrolítico V

C3 - 100 uF - eletrolítico

 

Diversos:

K1 – Relé de 6 ou 12 V

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Em busca de novos tempos

Em nossos últimos artigos, participações em lives, podcasts e vídeos temos ressaltado que estamos rapidamente caminhando para uma mudança de hábitos. São os novos tempos que estão chegando e que, em vista da pandemia estamos buscando para que sejam melhores e que nos tragam esperanças, paz e novos graus de compreensão, principalmente em nível mundial.

Leia mais...

Tempo
Não somos nós que perdemos tempo. É o tempo que nos perde.
Mário da Silva Brito - Diário Intemporal - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)