Seleção de Circuitos PWM (MEC099)

Neste artigo apresentamos diversos circuitos de controles PWM ou digitais de motores de corrente contínua, os quais podem ser utilizados em projetos robóticos. No caso e circuitos que usem componentes pouco comuns, sugerimos consultar os fabricantes antes sobre a disponibilidade dos mesmos no nosso mercado.

 

1. PWM com o 555

Nosso primeiro circuito utiliza um circuito integrado 555 e um transistor de efeito de campo de potência (MOSFET) para controlar um motor de corrente contínua. A alimentação do 555 pode ser separada do motor, para maior estabilidade e a tensão do motor pode ser diferente. Neste circuito os diodos ligados da forma indicada garantem que a frequência se mantenha estável alterando-se apenas o ciclo ativo. A frequência geral é dada por C1 que pode ser alterado conforme as características do motor. O transistor de efeito de campo deve ser dotado de radiador de calor se a potência do motor for elevada. O circuito completo é mostrado na figura 1.

 

Figura 1 - PWM com o 555
Figura 1 - PWM com o 555

 

2. PWM com o DRV102 da Burr-Brown (Texas Instruments)

O circuito integrado utilizado por controlar cargas com correntes até 2,7 A e tensões na faixa de 8 a 80 V. Os dois únicos componentes externos servem para ajustar o retardio e o ajuste do ciclo ativo, facilitando assim em muito os projetos que envolvem este tipo de controle. O circuito integrado empregado opera com um oscilador interno de 24 kHz. A entrada de controle deste circuito é digital compatível com lógica TTL.

 

Figura 2 - Controle PWM com o DRV102 da Texas
Figura 2 - Controle PWM com o DRV102 da Texas

 

3. Conversor DC-DC PWM com o MAX669

O circuito mostrado na figura 3 é sugerido pela Maxim e consiste num conversor PWM que eleva a tensão de uma ou mais pilhas para uma saída constante de 5 V com corrente até 1 A. O diodo D1 deve ser do tipo Schottky com baixa resistência direta de condução. O mesmo circuito pode ser elaborado para uma saída de 12 V. Mais informações podem ser obtidas baixando-se o datasheet do componente utilizado.

 

Figura 3 - Conversor DC-DC PWM
Figura 3 - Conversor DC-DC PWM

 

4. Conversor PWM Flay Back com o SG3524

O circuito mostrado na figura 4 é sugerido pela STMicroelectronics, tendo por finalidade fornecer uma tensão simétrica de 15 V com corrente até 20 mA a partir de uma entrada de 5 V. O circuito se baseia num controlador PWM que alimenta um transformador elevado para se obter a tensão desejada. Detalhes sobre o circuito e o transformador podem ser obtidos no datasheet do componente disponível no site da STMicroelectronics (www.st.com) .A frequência de operação do circuito pode ser ajustada para valores até 300 kHz, e o componente é disponível em invólucro DIP-16.

 

Figura 4 - Conversor Fly-Back com o controlador PWM com o circuito integrado SG3524
Figura 4 - Conversor Fly-Back com o controlador PWM com o circuito integrado SG3524

 

5. Controle de 3 A x 50 V

O circuito mostrado a seguir utiliza o A3959, um circuito integrado com a capacidade de controlar cargas até 3 A com alimentação de 50 V. O circuito possui FETs de potência com apenas 290 m? de resistência de condução na saída. O invólucro é DIL de 24 pinos não necessitando de radiador de calor. Informações completas para projeto podem ser obtidas no datasheet disponível no site da Allegro Microsystem (www.allegromicro.com).

 

Figura 5 - Controle PWM com o A3959 da Allegro Microsystems
Figura 5 - Controle PWM com o A3959 da Allegro Microsystems

* Controles de velocidade digitais

 

(M)

 


Localizador de Datasheets


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Entrando em dezembro (OP207)

Estamos nos aproximando do último mês desse ano de pandemia (2020), com esperanças para que a vacina chegue logo e possamos voltar à normalidade. Há muito a ser feito a partir de agora e, como temos informados aqueles que nos seguem, nunca paramos. De fato, nosso trabalho tem sido contínuo, com a produção constante de material para o nosso site, lives, livros, vídeos, podcasts e muito mais. Na verdade, a única mudança que tivemos em nossas atividades foi a suspensão dos eventos presenciais. Esperamos que no próximo ano eles voltem, talvez com algumas modificações, mas que possamos estar juntos daqueles que nos acompanham.

Leia mais...