Osciladores (ALM422 )

Osciladores são circuitos que geram sinais.

Partindo de uma fonte de corrente contínua os osciladores produzem sinais variáveis cuja freqüência e forma de onda depende de sua configuração.

Para gerar sinais e portanto funcionar como osciladores podemos ter as mais diversas configurações que recebem nomes de acordo com a sua arquitetura ou o nome de seu criador.

Os osciladores podem ser separados em dois grandes grupos:

 

a) Osciladores com elementos ativos

Nos osciladores com elementos ativos temos um dispositivo amplificador e uma rede de realimentação positiva, conforme mostra a figura 1.

 


 

 

Para a sua operação uma pequena parcela do sinal de saída é aplicada à entrada de modo a haver um processo de realimentação que determina a freqüência e a forma de onda do sinal gerado.

Para que este tipo de oscilador funcione o ganho da etapa amplificadora deve ser maior do que 1.

 

b) Osciladores com dispositivos de resistência negativa

Nestes osciladores, o elemento básico é um dispositivo que tenha uma característica de resistência negativa, conforme mostra a figura 2.

 


 

 

O sinal é gerado quando o dispositivo dispara, de modo que um pequeno aumento da tensão produz uma queda na corrente (o que contraria a Lei de Ohm) e que portanto representa uma resistência negativa.

Os principais tipos de osciladores são mostrados na figura 3. Vá ao nome correspondente na enciclopédia para ter mais informações sobre cada um.

 


 

 

Os osciladores mais comuns são:

Oscilador de Relaxação 

Oscilador Hartley 

Oscilador Colpitts 

Oscilador de Clapp 

Oscilador por Ponte de Wien 

Oscilador por Deslocamento de Fase 

Multivibrador astável 

Oscilador a Cristal 

Oscilador de bloqueio 

Oscilador Pierce 

 

Conforme a faixa de freqüências e a forma de onda do sinal gerado temos um tipo apropriado de oscilador.

A tabela abaixo permite que o leitor saiba escolher qual é o oscilador mais apropriado para o projeto que está elaborando.

 

Oscilador Forma de Onda Faixa de Freqüências
Relaxação com lâmpada neon Dente de serra e pulsos 0,01 Hz a 30 kHz
Relaxação com Unijunção Dente de serra e pulsos 0,01 Hz a 100 kHz
Relaxação com Sidac Dente de serra e pulsos 0,01 Hz a 1 MHz
Hartley Senoidal 10 Hz a 50 MHz
Colpitts Senoidal 100 Hz a 100 MHz
Pierce Senoidal 1 MHz a 500 MHz
Clapp Senoidal 30 kHz a 100 MHz
Deslocamento de Fase Senoidal 1 Hz a 100 kHz
Controlado a Cristal Senoidal 30 kHz a 200 MHz
Bloqueio Senoidal 100 kHz a 10 MHz
Multivibrador Retangular 0,1 Hz a 100 MHz

 

Ver também:

* Constante de tempo 

* Fase 

* Ciclo ativo 


Opinião

Novos tempos (OP213)

O mundo mudou. Depois da pandemia e também da guerra na Ucrânia o mundo será outro. Estamos presenciando e percebendo isso. Já não somos mais os mesmos.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia