Nanorrobôs desentoxicam o sangue (NOT405)

Nanorrobôs recobertos com uma membrana navegam na corrente sanguínea removendo micróbios. Os nanorrobôs desenvolvidos por cientistas da Universidade de San Diego – Calfornia, são propulsionados por ondas ultrassônicas.

Os robôs são feitos de pequenos fios de ouro (nanowire) recobertos por membranas retiradas das próprias células do sangue. Duas membranas são As fundidas por sons de alta frequência.

As dimensões desses robôs são extremas. Aproximadamente 25 vezes menores que a espessura de um fio de cabelo. No sangue, eles se movema incrível velocidade de 35 micrometros por segundo.

No entanto, sua eficiência é incrível. Conseguem fazer com que patogênicos como o MRSA fiquem presos as suas membranas enquanto que as toxinas criadas por essas bactérias são neutralizadas.

 


Opinião

Novos tempos (OP213)

O mundo mudou. Depois da pandemia e também da guerra na Ucrânia o mundo será outro. Estamos presenciando e percebendo isso. Já não somos mais os mesmos.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia