Mistérios do tempo – Física Quântica (NOT42)

Se existe algo na física que sempre intrigou os pesquisadores e até mesmo as pessoas comuns é a natureza do tempo. Desde que o homem tomou consciência de que tudo na natureza ocorre regido por uma grandeza invariável que não conseguimos explicar, sua curiosidade se aguçou cada vez mais.

E com a física quântica, se não sabíamos muito sobre o tempo tentando aplicar nossos conceitos tradicionais, ficamos ainda mais confusos.

As explicações da física relativística de Einsten de que o tempo é relativo e que ele pode fluir de maneira diferentes com locais e condições diferentes já era difícil de entender para muitos, por exemplo, quando se dava como exemplo o paradoxo dos irmãos gêmeos.

Imaginem agora, se levarmos em conta o que a física quântica fala da possibilidade do tempo pode fluir “ao contrário” pode causar na nossa mente. De fato, experimentos com partículas, mostrar que no mundo das partículas que não seguem nossas leis tradicionais de comportamento, o efeito pode vir antes da causa.

A ideia de que o tempo não é algo tão fixo e invariável que flui sempre na mesma direção e com o mesmo ritmo, pode não ser exatamente o que se espera num mundo quântico, com efeitos em nosso mundo, é claro

Assim, um físico quântico da Universidade de Oxford está propondo que o tempo pode estar fluindo em direções opostas, conforme o lado do universo considerado.

Numa reportagem da BBC para a Globo (veja o link), o que o professor Julian Barbou propõe em seu livro é uma modificação do conceito que temos hoje de Big Bem que é a grande explosão a partir da qual se formou o universo. O que ele propõe é que, da mesma forma que na explosão a matéria se expandiu em todas as direções e o tempo apenas em uma, poderia também ter ocorrido que o tempo, a partir desta explosão, também fluiria em mais de uma direção.

O que ele propõe é que o Universo teria dois ados com tempos fluindo em direções opostas.

Se levarmos em conta que, na realidade, na expansão do Universo a partir do big bang apenas 3 dimensões espaciais e o tempo se expandindo, ficando mais dimensões retidas nas subpartículas que hoje podemos observar nos laboratórios, nessas dimensões embutidas poderia ter mais uma dimensão tempo, o que talvez aplicaria os fenômenos de causa depois de efeito observado em subpartículas.

Conhecemos ainda muito pouco de muitos fenômenos quânticos que agora começam a ser analisados com uma profundidade maior.

Logo os mais imaginosos poderiam pensar numa máquina quântica capaz de inverter o tempo e nos levar ao passado, mas certamente isso ainda muito longe, ficando apenas para os filmes de ficção científica.

Na reportagem completa dada no link o leitor poderá ter mais informações e se for físico, quem sabe partir para uma pesquisa e descobrir algo mais.

Não vou falar que isso pode levar tempo, pois se o tempo flui em ambos os sentidos, isso não importará mais. Como diz o pesquisador diz na reportagem, “não quero ser melancólico, mas você e eu vamos morrer.”

https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2021/01/26/o-fisico-que-afirma-que-o-tempo-corre-em-duas-direcoes-e-de-que-modo-isso-afeta-como-entendemos-o-universo.ghtml 

 

 


Opinião

Novos tempos (OP213)

O mundo mudou. Depois da pandemia e também da guerra na Ucrânia o mundo será outro. Estamos presenciando e percebendo isso. Já não somos mais os mesmos.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia