DG441L/442L - Chave analógicas quadruplas CMOS de precisão (COM433)

Chaves analógicas encontram uma ampla gama de aplicações em equipamentos automáticos de teste, aquisição de dados, sistemas de comunicações, sistemas alimentados por bateria, periféricos de computadores, SDSL, DSLAM além do roteamento de sinais de áudio e vídeo. Neste artigo focalizamos três CIs monolíticos da Vishay Siliconix que possuem características que os tornam ideais para aplicações com fontes simples ou duplas (simétricas). (2002)

Os circuitos integrados DG441L/442L são circuitos integrados compatíveis pino a pino com os tradicionais DG441/442 mas com desempenho melhorado.

Usando tecnologia BiCMOS, esses novos componentes podem operar com fontes simples ou simétricas na faixa de 3 a 12 V.

As chaves analógicas focalizadas combinam alta velocidade (ton = 19 ns) com uma característica de resistência plana na faixa de operação (17 Ω) e excelente modulação cruzada e isolamento (-50 dB em 50 MHz). Estas características tornam este dispositivo ideal para aplicações em comutação de sinais de áudio e vídeo.

A diferença entre os dois dispositivos está no fato de que o DG441L responde a uma lógica oposta ao DG442L conforme mostra a figura 1, que também tem a sua pinagem.

 

Pinagem e tabela verdade dos DG441L/442L
Pinagem e tabela verdade dos DG441L/442L

 

 

Destaques:

* Alimentação de 2,7 a 12 V para fonte simples ou 3-0-3 a 6-0-6 V para fontes simétricas.

* Resistência on: 17 Ω

* Compatível com lógica TTL e CMOS

* Baixa fuga: < 0,25 nA

* 2 000 V de proteção ESD

 

Na figura 2 temos algumas curvas que retratam as principais caracteríisticas desses componentes.

 

Algumas curvas de desempenho.
Algumas curvas de desempenho.

 

 

Na figura 3 temos o circuito equivalente de um canal típico.

 

Circuito equivalente a um canal.
Circuito equivalente a um canal.

 

 

 

Aplicações:

Na figura 4 mostramos um circuito para excitação de um Power MOSFET com alimentação de 24 V e 3 A de corrente.

 

Excitação de um MOSFET de potência.
Excitação de um MOSFET de potência.

 

 

O DG442L usado nesta aplicação é alimentado com 12 V. O circuito de carga é alimentado quando a entrada está no nível alto.

Na figura 5 temos um exemplo de circuito de amostragem e retenção (sample & hold) usando dois amplificadores operacionais e uma das chaves do DG442L.

 

Circuito de amostragem e retenção.
Circuito de amostragem e retenção.

 

 

Quando a chave é fechada por um comando na entrada IN, a tensão presente na saída do primeiro amplificador operacional carrega o capacitor Ch.

Quando a chave abre, o capacitor mantém sua carga que é aplicada na entrada do segundo amplificador operacional, aparecendo a tensão correspondente na saída.

Os dois amplificadores operacionais são ligados como seguidores de tensão de modo a apresentarem características de elevada impedância de entrada e baixa impedância de saída, necessárias a esse tipo de aplicação.

Na figura 6 temos uma outra aplicação desse circuito que consiste num amplificador operacional com ganho programado.

 

Amplificador operacional com o ganho programado.
Amplificador operacional com o ganho programado.

 

 

Os resistores que são colocados no circuito de realimentação pela ação das chaves do DG441L ou DG442L determinam o ganho do circuito na faixa de 1 a 100.

A tolerância dos resistores vai determinar a precisão obtida no ganho do amplificador.

 

Datasheet do DG441L

Datasheet do DG4442L


Localizador de Datasheets


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

O que vem pela frente (OP210)

Uma das características do Instituto Newton C. Braga é a manutenção do ritmo de suas realizações, independentemente do que se passa no nosso mundo. Não foi a pandemia, nem crises de qualquer tipo que alteraram nosso ritmo de trabalho.

Leia mais...