NOSSAS REDES SOCIAIS -

Eletroíma ferradura (ART237)

 

Uma das montagens mais simples e tradicionais para utilização no ensino de ciências, agrefando suas aplicações aos PCNs , demonstrações em feiras de ciências relativas ao eletromagnetismo é a de um eletroimã. Neste artigo descrevemos a montagem simples de um eletroimã que também serve para ser colocado num robô ou braço mecânico com a finalidade de erguer objetos de metal transportando-os para outros locais. E, até existem algumas aplicações práticas interessantes.

 

 

Descrevemos neste artigo a montagem de um eletroimã do tipo "ferradura", pela sua forma, e que pode atrair pequenos objetos de metal tais como alfinetes, pregos, parafusos, lâminas de barbear, clipes, limalha de ferro, etc.

O eletroimã é alimentado por uma ou duas pilhas comuns e tem uma força razoável sendo "fabricado" com componentes que podem ser obtidos com muita facilidade.

A "força" de atração  do nosso imã vai depender do número de voltas de fio da bobina e de sua espessura. Recomendamos a utilização de fio esmaltado fino que pode ser obtido de transformadores, campainhas, reatores, motores e outros dispositivos eletromagnéticos fora de uso. A única recomendação é que o fio não esteja "queimado" ou seja, com a cor escura que significa que seu isolamento foi estragado pelo aquecimento do aparelho em que ele estava originalmente usado. O fio queimado pode ser facilmente percebido tanto pela cor como pelo forte cheiro de queimado que ele exala quando o componente for desmontado.

 

O QUE EXPLICAR

Oesterd descobriu que uma corrente circulando por um fio cria umcampo magnético capaz de deflexionar a agulha de uma bússola. A experiência de Oesterd é mostrada na figura 1.

Ao se fechar o circuto, estabelecendo-se uma corrente, o campo criado atuava sobre a agulha da bússola fazendo-a girar colocando-se numa posição perpendicular ao fio condutor.

Posteriormente foi descoberto que se enrolarmos o fio num objeto de metal, quando o fio for percorrido por uma corrente o campo magnético criado magnetiza o objeto em seu interior que se transforma num forte imã. Veja entretanto que este fato só ocorre quando a corrente circula. Quando a corrente é desligada o campo desaparece e o objeto deixa de ser imã (perde o magnetismo).

Assim, o aluno que montar este dispositivo para uma atividade, vai explicar que o eletromã só atrai objetos quando a corrente é ligada.

Também pode explicar que eletroimãs como este servem para atrair objetos de metal em guindastes, robôs industriais e em muitos aparelhos elétricos e eletrônicos.

 

 

MONTAGEM

Na figura 2 temos o circuito que alimenta o eletroimã.

 

Na figura 3 temos o eletroimã pronto e ligado ao suporte de duas pilhas.

 

Recomendamos o uso de pilhas médias ou grandes dada a intensidade da corrente exigida pelo eletroimã. Também recomendamos que ele não fique muito tempo ligado para não esquentar ou ainda esgotar as pilhas rapidamente.

O núcleo do eletroimã é feito dobrando-se em "U" um ferro fino do tipo usado em construções ou mesmo obtido de um gancho como o mostrado na figura 4 e que pode ser encontrado em casas de materiais de construção ou artigos elétricos. Depois, enrola-se fio esmaltado, de 500 a 1 000 voltas em cada enrolamento. Observe que o enrolamento continua no sentido oposto quando passamos de uma bobina para a outra, conforme indicado em tracejado na figura. Se o fio não for enrolado desta forma, o campo de uma bobina anula o da outra e o imã não funciona.

O interruptor de pressão S1 serve para ligar e desligar o circuito do eletroimã.

 

TESTE E USO

Para experimentar o eletroimã presione S1 e aproxime-o de pequenos objetos de metal: deve ocorrer a forte atração.

Não deixe o circuito ligado por muito tempo. Mantenha-o ligado apenas por alguns segundos de cada vez para que ele não esquente ou esgote as pilhas rapidamente.

Para fazer um guindaste ou acoplá-lo a um braço mecatrônico, amarre o imã com um barbante ou prenda-o na extremidade do braço, conforme mostra a figura 4, de modo a poder manejá-lo com mais facilidade.

 

 

SUGESTÕES DE TRABALHOS

Da mesma forma que o imã pode ser enrolado num núcleo em ferradura o leitor pode fazer uma única bobina num prego, conforme mostra a figura 5.

 

Outro trabalho interessante consiste em se medir a força do imã em função da intensidade da corrente usando para isso uma fonte ajustável e um amperímetro. Pode-se estabelecer um gráfico de dependência entre as grandezas num estudo quantitativo do efeito.

Na figura 6 mostramos como é possível alimentar o circuito com uma fonte de corrente constante de modo a usarmos o eletroimã num trabalho quantitativo aplicado à física do ensino médio.

 

Será interessante pesquisar em livros de física e ciências do ensino fundamental e médio os tipos de aparelhos que usam o eletroimã como princípio de funcionamento. Uma relação desses dispositivos e aparelhos tais como motores, solenoides, etc pode ser usada na demonstração de seu funcionamento.

Outra experiência que pode ser associada às disciplinas do ensino médio e fundamental é com a utilização de dois eletroimãs semelhantes mostrando a repulsão e atração dos pólos e sua determinação em função do sentido de circulação das correntes.

Para alimentação a partir da rede de energia com a economia de pilhas e possibilidade de manter o eletroimã ligado por mais tempo, consiste na montagem da fonte da figura 7.

 

 

O  transformador tem enrolamento primário de acordo com a rede de energia e secundário de 6 V com 300 a 500 mA.

O capacitor é usado na filtragem para evitar a vibração do eletroimã e o resistor para limitar a corrente de modo a evitar seu aquecimento, quando em funcionamento.

Um eliminador de pilhas comum também pode ser usado, mantendo-se o resistor em série para evi9tar o excesso de corrente e aquecimento.

 

 


LISTA DE MATERAL

 

B1 - 1,5 ou 3 V - uma ou duas pilhas médias ou grandes

S1 - Interruptor de pressão normalmente aberto

X1 - Eletroimã ferradura - ver texto

Diversos:

Fios, suporte de pilhas, fios esmaltados, pedaço de ferro, alfinetes, clipes, preguinhos, etc.

 

Artigos Relacionados

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Em busca de novos tempos

Em nossos últimos artigos, participações em lives, podcasts e vídeos temos ressaltado que estamos rapidamente caminhando para uma mudança de hábitos. São os novos tempos que estão chegando e que, em vista da pandemia estamos buscando para que sejam melhores e que nos tragam esperanças, paz e novos graus de compreensão, principalmente em nível mundial.

Leia mais...

Sabedoria
A sabedoria é a arte de subir ao mais alto de si mesmo.
Gilberto Amado (1887 1969) - Depois da Política - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)