Relé de Aproximação (ART1612)

Este sensível circuito temporizado dispara quando aproximamos nossa mão ou o corpo de um sensor. O circuito pode ser usado em sistemas de aviso, alarmes e no acionamento automático de dispositivos eletro-eletrônicos.

O circuito apresentado é muito simples, baseando-se na capacitância do corpo para o disparo de um 555 monoestável.

O circuito tem boa sensibilidade, podendo ser usado em sistemas de aviso e alarme simples.

A alimentação deve ser feita por fonte de 12 V do tipo com transformador, por questões de segurança e também para evitar o acionamento errático pela captação de ruídos.

 

Funcionamento

O circuito tem na entrada um transistor amplificador com a base ligada a um sensor.

Desta forma, o sinal induzido pela aproximação de um corpo de uma placa sensora faz com que a tensão nesse componente caia a ponto de disparar um 555 na configuração monoestável.

O tempo em que a saída do circuito permanece no nível alto pode ser ajustado até alguns minutos pelo trimpot P1.

O capacitor C1 pode ser aumentado, se desejarmos tempos de acionamento maiores.

A saída do 555 é ligada a um transistor que aciona como carga um relé de 12 V sensível.

Os contatos do relé são então utilizados para se controlar uma carga externa.

 

Montagem

Na figura 1 temos o diagrama completo do relé de aproximação.

 

Figura 1 – Diagrama do relé de aproximação
Figura 1 – Diagrama do relé de aproximação

 

A figura 2 mostra uma placa de circuito impresso para a montagem deste aparelho.

 

Figura 2 – Placa para o relé de aproximação
Figura 2 – Placa para o relé de aproximação

 

A placa foi elaborada para receber relés com base DIL, mas se for usado outro tipo, ela deve ser alterada.

Na montagem, observe a posição do circuito integrado e dos transistores e a polaridade de diodos e capacitores eletrolíticos.

Os eletrolíticos podem ser para 16 V ou mais e os resistores são de 1/8 W.

O sensor é uma chapa de metal de 5 x 5 a 15 x 15 cm e o fio de conexão ao aparelho deve ser curto ou blindado.

Para usar, coloque o trimpot na posição de menor tempo e verifique o acionamento aproximando sua mão do sensor.

Se houver dificuldade no disparo, gire de 180 graus o plugue da fonte que alimenta o aparelho.

 

 

Se precisar de componentes originais e com o envio imediato, acesse mouser.com
.

CI-1 – 555 – circuito integrado

Q1, Q2 – BC548 – transistores NPN de uso geral

D1 – 1N4148 – diodo de uso geral de silício

P1 – 1 M ohms – trimpot

K1 – Relé de12 V x 50 mA ou mais de bobina

R1, R2 – 100 k ohms – resistores – marrom, preto, amarelo

R3 – 10 k ohms – resistor – marrom, preto, laranja

R4 – 1 k ohms – resistor – marrom, preto, vermelho

C1, C2 – 100 uF – capacitor eletrolítico

Diversos:

Placa de circuito impresso, pilhas, bateria ou fonte de alimentação, fios, solda, etc.

 

 


Localizador de Datasheets


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Entrando em dezembro (OP207)

Estamos nos aproximando do último mês desse ano de pandemia (2020), com esperanças para que a vacina chegue logo e possamos voltar à normalidade. Há muito a ser feito a partir de agora e, como temos informados aqueles que nos seguem, nunca paramos. De fato, nosso trabalho tem sido contínuo, com a produção constante de material para o nosso site, lives, livros, vídeos, podcasts e muito mais. Na verdade, a única mudança que tivemos em nossas atividades foi a suspensão dos eventos presenciais. Esperamos que no próximo ano eles voltem, talvez com algumas modificações, mas que possamos estar juntos daqueles que nos acompanham.

Leia mais...