Medindo tensões contínuas com o multímetro (INS125)

A medida de tensões nos componentes de um circuito é um procedimento importante para a verificação do funcionamento. Muitos esquemas trazem os valores das principais tensões que devem ser encontradas em diversos de seus pontos, as quais podem ser conferidas com um multímetro de boa qualidade.

Os valores normalmente são especificados com uma certa tolerância, e para um multímetro que deve ser do tipo analógico com pelo menos 10 k? por volt de sensibilidade ou digital.

Se um multímetro de menor sensibilidade for usado ele pode carregar o circuito, com a indicação de uma tensão menor do que a real. Para esta medida precisamos de:

a) Multímetro de boa sensibilidade

 

Procedimento

Na figura abaixo mostramos como fazer a medida típica da tensão num divisor de tensão formado por dois resistores.

 

 Medindo Tensões Contínuas com o Multímetro
Medindo Tensões Contínuas com o Multímetro

 

A ponta de prova vermelha deve ser tocada no ponto de maior potencial e a ponta preta no ponto de menor potencial.

Se não tiver idéia da tensão a ser encontrada comece sempre pela escala de maior tensão e vá reduzindo até obter uma leitura precisa da tensão desejada, o que ocorre na faixa central da escala, para os multímetros analógicos. Para os tipos automáticos, não é preciso escolher as escalas.

Se o ponteiro, no caso dos analógicos, tender a se mover rumo a valores negativos da escala, inverta as pontas de prova ou atue sobre o botão inversor de polaridade.


Opinião

Olhando para o futuro

Já estamos aprendendo a viver com a pandemia e nos preparando para os tempos em que tudo voltará ao normal, mas não o normal a que estávamos acostumados. Um novo normal, com novos hábitos, a tecnologia aplicada talvez de uma forma diferente, novas profissões e principalmente tecnologias específicas que antes não haviam sido pensadas.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia