Como funciona a lâmpada incandescente (ART443b)

Publicamos este artigo numa revista de 1996, mas ele é perfeitamente atual, pois o princípio de funcionamento dasl âmpadas ainda é o mesmo, se bem que este tipo de lâmpada já esteja caindo em desuso. As lâmpadas incandescentes estão sendo substituídas pelos LEDs e pelas lâmpadas econômicas (eletrônicas), ambos de maior rendimento.
O artigo é ipode ser complementado pelo ART443a, deal para quem deseja aprender tudo sobre componentes eletrônicos, já que as lâmpadas podem ser uisadas como tal. Ideal para ser usado como apostilas em cursos técnicos e de iniciação tecnlógica pelo muito que pode ensinar. Recomendamos.

AS LÂMPADAS INCANDESCENTES

O princípio de funcionamento é o mesmo dos resistores: um elemento que oferece uma certa resistência à passagem da corrente. No entanto, neste caso, o elemento é um fino filamento de tungstênio colocado num bolbo de vidro com atmosfera que não contenha oxigênio.

O calor gerado pela passagem da corrente é suficiente para produzir luz.

 

Uma lâmpada incandescente.
Uma lâmpada incandescente.

 

A resistência do filamento e a tensão que alimentam a lâmpada determinam sua potência, ou seja, a intensidade de luz produzida.

Na utilização de uma lâmpada duas especificações são importantes (gerando uma terceira):

a) A tensão que devemos aplicar à lâmpada para que ela acenda normalmente, ou seja, os Volts (V) de alimentação.

b) A corrente da lâmpada que é resultado da resistência do filamento. Essa corrente é indicada em miliampères ou ampères.

Uma terceira especificação pode ser dada em lugar da corrente, mas ela pode ser calculada em função da corrente, ou ainda, em função da corrente podemos calculá-la.

O produto da tensão pela corrente (V x I) nos dá a potência em watts (W) da lâmpada, ou a quantidade de energia que é convertida em luz.

Na verdade, o rendimento de uma lâmpada deste tipo é baixo, pois a maior parte da energia gasta é convertida em calor para aquecer o filamento.


Opinião

Olhando para o futuro

Já estamos aprendendo a viver com a pandemia e nos preparando para os tempos em que tudo voltará ao normal, mas não o normal a que estávamos acostumados. Um novo normal, com novos hábitos, a tecnologia aplicada talvez de uma forma diferente, novas profissões e principalmente tecnologias específicas que antes não haviam sido pensadas.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia