Neon de 1,5 V (MIN178)

Lâmpadas neon comuns precisam de pelo menos 80 V para acender, o que significa que nas aplicações normais só podem funcionar alimentadas a partir da rede de energia de 110 V ou 220 V. O que propomos é uma simples experiência para acender uma lâmpada neon com apenas 1,5 V de uma pilha, mostrando com isso o princípio de funcionamento dos transformadores.

Os transformadores podem aumentar ou diminuir as tensões. No entanto, os transformadores não operam diretamente com correntes contínuas puras, como a de pilhas e baterias.

Para que isso ocorra temos de utilizar algum artifício que permita variar a corrente e é justamente isso que fazemos nessa experiência simples.

Usando uma lima comum, podemos variar a corrente e com um transformador, elevar a tensão de 1,5 V de uma pilha para mais de 80 V, conseguindo assim o suficiente para acender uma lâmpada neon.

O brilho da lâmpada é fraco, pois as lâmpadas neon são apenas indicadores, mas temos uma característica importante no circuito: usamos um capacitor que se carrega e mantém a lâmpada acesa por alguns segundos, mesmo depois que paramos de atuar sobre a lima que modifica a corrente.

Na figura 1 temos o diagrama desse circuito inversor experimental que utiliza um dispositivo mecânico para interrupção da corrente.

 

 Figura 1- Diagrama do aparelho.
Figura 1- Diagrama do aparelho.

 

Na figura 2 temos a montagem do circuito, que faz uso de uma pequena ponte de terminais, do caderno de notas de Newton C. Braga.

 

 Figura 2 - Montagem em ponte de terminais.
Figura 2 - Montagem em ponte de terminais.

 

Um fio do transformador é ligado na lima enquanto que o outro é soldado diretamente na pilha. O transformador pode ser um pequeno transformador de força com primário de 110 V ou 220 V e secundário de 3 a 12 V com corrente na faixa de 200 a 500 mA.

Na verdade, o leitor pode fazer experiências com qualquer tipo de transformador que tenha um enrolamento de alta tensão e um enrolamento de baixa tensão.

O capacitor pode ser de poliéster ou outro tipo com pelo menos 200 V de tensão de trabalho. O valor não é crítico podendo ser usados tipos de 100 nF a 470 nF.

Para operar o inversor é simples: é só esfregar o fio na lima. Deve haver indução de alta tensão e a lâmpada neon deve acender.

Se o leitor quiser ter uma idéia da tensão que está sendo induzida no processo, segure nos terminais do transformador e esfregue o fio na lima. O choque lhe mostrará que a tensão obtida é alta.

Não deixe o fio encostado na lima quando não estiver usando o aparelho, pois isso descarregará a pilha rapidamente.

 

Obs.: retirando o circuito do enrolamento de alta tensão do transformador e ligando uma lâmpada fluorescente comum, de 4 a 40 W, mesmo enfraquecida, poderemos fazê-la piscar ao esfregar o fio na lima.

 

 

X1 - Lima

T1 - transformador - ver texto

B1 - 1,5 V - pilha média ou grande

D1 - 1N4004 ou 1N4007 - diodo de silício

C1 - 470 nF -n capacitor de poliéster para 200 V ou mais

R1 - 470 k Ω x 1/8 W - resistor - amarelo, violeta, amarelo

NE-1 - Lâmpada neon comum

Diversos:

Ponte de terminais, fios, solda, etc.


Opinião

Eventos e muito mais (OP212)

Nosso grande destaque deste mês é o nossa Jornada do Desenvolvimento, que ocorrerá em três etapas sendo a primeira a que foi realizada entre 9 e 13 de agosto. Ela foi uma preparação para as demais que devem ocorrer em setembro e outubro, com oficinas de desenvolvimento com o Edukit SigFox e a Franzininho, numa jornada com os próprios criadores.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia