Inatel recebe alunos estrangeiros (NOT294)

Paloma Talavero Lorenzo,Maureen Daniela Arámbulo Hervas e Zarko Sakotic realizam estágios e atividades de graduação no Instituto
Paloma Talavero Lorenzo,Maureen Daniela Arámbulo Hervas e Zarko Sakotic realizam estágios e atividades de graduação no Instituto

 

Outubro 2014 - Há aproximadamente dez anos o Inatel realiza constantes parcerias com a Associação Internacional para Intercâmbio de Estudantes e Estágios Técnicos – IAESTE e juntamente com o processo de internacionalização do Instituto têm atraído cada vez mais estudantes estrangeiros. No último mês três alunos vindos da Bolívia, Espanha e Sérvia estão realizando estágios em departamentos do Instituto, cursando também algumas matérias de graduação, atividades complementares e participarão da Feira Tecnológica do Inatel. Os alunos permanecem até dezembro no Instituto.

Zarko Sakotic, que cursa Engenharia Elétrica na University of Novi Sad - Faculty of Technical Sciences, na Sérvia falou sobre a estrutura que encontrou no Instituto e também se disse impressionado com a proximidade do Inatel com grandes multinacionais. "Muitas coisas me impressionaram aqui, além dos laboratórios serem altamente equipados, a estrutura das aulas, no modelo americano facilita o aprendizado. O contato que o Inatel tem com grandes empresas faz desse lugar especial", afirma o estagiário do Inatel Competence Center.

Já a aluna espanhola Paloma Talavero Lorenzo que cursa Engenharia de Telecomunicações na Universidad de Málaga e realiza estágio no CTIC, enalteceu a aplicação prática de algumas matérias que aprendeu em sua universidade. "Quando entrei aqui, vi uma estrutura muito boa e gostei muito, pois não vemos somente parte teórica, mas também prática. Os laboratórios são muito preparados e estou aplicando aqui muitas coisas que aprendi em meu curso", relata a estudante.

 

Os alunos permanecem até dezembro no Inatel.
Os alunos permanecem até dezembro no Inatel.

 

Maureen Daniela Arámbulo Hervas, aluna de Licenciatura em Engenharia Mecânica e de Automação Industrial na Universidad Privada del Valle, na Bolívia faz estágio no laboratório de controle e automação industrial, robótica e inteligência artificial do Inatel, destacou o aprendizado e a receptividade dos colegas. "Quando conheci a estrutura do Inatel foi surpreendente. Todas as diferentes áreas estão bem estruturadas e com excelentes laboratórios. Desde o primeiro momento que cheguei aqui às pessoas foram muito acolhedoras, sempre dispostas a ajudar e muito engraçadas. E isso faz com que eu fique muito cômoda aqui", relata.

A presença desses estudantes no Instituto, juntamente com os outros estrangeiros que realizam graduação, pós-graduação e mestrado faz com que os alunos do Inatel passem a ter maior proximidade com o mercado globalizado e com diferentes culturas. "A presença e a participação dos alunos estrangeiros nas atividades acadêmicas com os alunos do Inatel, auxilia no desenvolvimento cultural e profissional de nossos alunos. A troca de experiências entre eles agrega na formação, que os ajuda a inserir no mercado cada vez mais globalizado", ressalta o coordenador do Núcleo de Estágios e Serviços Profissionais (Nesp), professor Bruno de Oliveira Monteiro.

sthash.3N2zsv8E.dpuf
sthash.3N2zsv8E.dpuf

 

 

 

 


Opinião

Novos tempos (OP213)

O mundo mudou. Depois da pandemia e também da guerra na Ucrânia o mundo será outro. Estamos presenciando e percebendo isso. Já não somos mais os mesmos.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia