NOSSAS REDES SOCIAIS -

Rádio de Galena (TEL129)

Uma das montagens mais tradicionais que envolve a recepção de sinais de rádio é a do rádio de galena ou radio de cristal como também é conhecida. Neste artigo descrevemos a montagem detalhada de uma versão que usa alguns componentes equivalentes mais modernos.

O rádio de galena é o “avô” dos rádios, já que foi o primeiro tipo de receptor realmente popular no início dos tempos da radiodifusão.

Não precisando de energia, ele obtinha toda sua alimentação do próprio sinal de rádio que deveria então ser captado por uma longa antena, conforme mostra a figura 1.

 

   Figura 1 – O receptor de galena em ação
Figura 1 – O receptor de galena em ação

 

Desta forma, uma b ao recepção dependia do tamanho da antena e da intensidade com que os sinais chegavam até o local.

 

Como Funciona

No circuito que descrevemos, os sinais captados pela longa antena são levados ao circuito de sintonia formado por uma bobina e um capacitor variável.

Este circuito deixa passar para a terra os sinais de todas as estações, menos o da que desejamos ouvir que vai para o detector.

Na versão original o detector consiste num cristal de galena que é um composto de chumbo que apresenta propriedades interessantes.

Na figura 2 temos então o circuito do rádio original com o detector de galena.

 

   Figura 2 – Versão original
Figura 2 – Versão original

 

Quando tocamos num ponto sensível do cristal com um fio muito fino, chamado “bigode de gato”, conforme mostra a figura 3, ele funciona como um diodo detector.

 

    Figura 3 – O detector de galena
Figura 3 – O detector de galena

 

Os cristais de galena para se montar o detector original são difíceis de obter atualmente, mas temos um componente pronto equivalente que é o diodo de germânio, mostrado na figura 4.

 

   Figura 4 – O diodo de germânio
Figura 4 – O diodo de germânio

 

Além de ser mais barato, ele é muito sensível e não precisamos encontrar o ponto sensível.

No nosso projeto utilizaremos este diodo.

O sinal que chega a esta diodo é então detectado de modo que a portadora de alta frequência é desviada para a terra através de C e o sinal de áudio (som) é levado ao fone de ouvido.

 

Montagem

Na figura 5 temos então o diagrama completo da nossa versão.

 

Figura 5 – Diagrama e aspecto da versão que montaremos
Figura 5 – Diagrama e aspecto da versão que montaremos

 

A bobina consiste em 100 espiras de fio esmaltado fino 28 a 32 num tubo de papelão ou plástico de 2,0 a 2,5 cm.

Para a montagem, o leitor tem diversas opções de componentes que podem ser retirados de rádios antigos e outros aparelhos.

Por exemplo, o capacitor variável pode ser retirado de um rádio antigo valvulado fora de uso.

Este capacitor pode ser de 1 a 3 seções conforme mostra a figura 6.

 

Figura 6 – O capacitor variável
Figura 6 – O capacitor variável

 

Qualquer um deles serve, já que usaremos apenas uma seção e, na figura, mostramos como fazer a ligação.

O fone deve ser de cristal ou uma cápsula piezoelétrica de alta impedância.

Na falta deste componente, pode ser usado um fone de baixa impedância com um transformador de saída que pode ser retirado de um rádio transistorizado fora de uso, conforme mostra a figura 7.

 

Figura 7 – O fone de ouvido
Figura 7 – O fone de ouvido

 

Também podemos usar um pequeno alto-falante como fone de ouvido, conforme mostra a figura 8.

 

Figura 8 – Usando um alto-falante como fone
Figura 8 – Usando um alto-falante como fone

 

A antena deve ser longa, podendo ser um fio encapado ou não com 10 a 40 metros de comprimento.

Quanto maior, melhor, pois dependemos da maior quantidade possível de sinais para a qualidade da recepção.

Na figura 9 mostramos como fazer esta antena.

 

Figura 9 – A antena
Figura 9 – A antena

 

A conexão à terra pode ser feita em qualquer objeto de metal em contato com o solo, por exemplo, a esquadria de uma janela ou porta de metal.

 

D1 – 1N34 ou 1N60 – qualquer diodo de germânio

L1 – Bobina – ver texto

CV – capacitor variável

C1 – 470 pF – capacitor cerâmico

F1 – Fone de ouvido – ver texto

 

Diversos:

Base de montagem, pontes de terminais, fios, solda, etc.

 

 

 

Artigos Relacionados

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Em busca de novos tempos

Em nossos últimos artigos, participações em lives, podcasts e vídeos temos ressaltado que estamos rapidamente caminhando para uma mudança de hábitos. São os novos tempos que estão chegando e que, em vista da pandemia estamos buscando para que sejam melhores e que nos tragam esperanças, paz e novos graus de compreensão, principalmente em nível mundial.

Leia mais...

Tecnologia
O grande perigo da tecnologia é implantar no homem a convicção enganosa de que é onipotente, impedindo-o de ver sua imensa fragilidade.
Hermógenes - Mergulho na Paz - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)